Brasil
  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Centenas de turistas estrangeiros são recebidos com festa no Rio Recepção com tapete vermelho, chuva de papel picado e músicas brasileiras causa surpresa a grupos de chilenos e mexicanos que desembarcaram no Aeroporto Internacional do Galeão.

Agência Brasil

Publicação: 09/06/2014 18:06 Atualização: 09/06/2014 18:11

Turistas estrangeiros desembarcam no Aeroporto Internacional do Galeão e são recepcionados com festa e cartazes de boas vindas em vários idiomas (Tânia Regô/Agência Brasil)
Turistas estrangeiros desembarcam no Aeroporto Internacional do Galeão e são recepcionados com festa e cartazes de boas vindas em vários idiomas

Tapete vermelho, chuva de papel picado, músicas brasileiras e muita festa. Esta foi a forma com que centenas de turistas de diversas nacionalidades foram recebidos hoje (9) no setor de desembarque do Aeroporto Internacional Tom Jobim/Galeão, no Rio de Janeiro. A recepção foi organizada pela Confraria do Garoto, em parceria com a Empresa Municipal de Turismo (Riotur). A expectativa do governo municipal é que cerca de 850 mil turistas visitem o Rio durante a Copa do Mundo, que começa na próxima quinta-feira (12).

Não foram apenas os brasileiros que fizeram festa. Os turistas que chegavam se mostravam surpresos com a recepção e alguns entoavam cantos de torcida de seus países, como ocorreu com um grupo de chilenos e mexicanos.

O presidente da Confraria do Garoto, Nelson Couto, disse que espera que, mesmo que ocorram protestos durante o período da Copa do Mundo, os turistas sejam bem tratados. “Hoje está chegando colombiano, peruano, chileno. Gente de todas as nacionalidades. Estamos aqui dando boas vindas pela Riotur e pela Confraria em nome da cidade do Rio de Janeiro. Sempre que a pessoa vem muito carregada, com muita bagagem, eu dou uma benzidinha [com galhos de arruda]”.

Leia mais notícias de Brasil

De acordo com o presidente da Riotur, José Carlos Sá, a cidade está totalmente preparado para receber e informar os turistas da melhor forma possível. “A nossa missão não é dentro do Maracanã, é em volta. Nós sinalizamos tudo ali para os pedestres. Temos hoje 14 postos de informação turística definitivos e 17 provisórios. A nossa missão é atender bem os turistas”.

O chileno Daniel Díaz, de 21 anos, disse acreditar na classificação do Chile para as oitavas de final e na queda da Espanha ainda na primeira fase. “Isso tudo é muito bonito. É muito bom ser recebido assim em um país que não é seu. Acredito que vamos passar pelo menos para a fase final e, passo a passo, vamos chegar até a final”.

O norte-americano Shawn Pierre, de 25 anos, não comprou ingressos para nenhum jogo da Copa do Mundo, mas vai aproveitar o evento para conhecer o Rio de Janeiro com os amigos da faculdade. “Eu não esperava isso [a recepção]. É ótimo. Eu espero que os Estados Unidos passem da fase de grupos. É minha primeira vez aqui no Rio. Eu espero ver coisas bonitas, como as praias e coisas assim. Não comprei ingressos para os jogos, mas irei assistir com os meus amigos em algum lugar”.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: esdras meneses
E nós,somos recebidos com desprezo lá fora. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas