Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Rio diz que tem alternativa para a Copa em caso de greve do metrô "Temos um plano de mobilidade baseado principalmente no metrô, mas também complementado pelo BRT, pelos trens e pelas linhas de ônibus", diz secretário Municipal de Transportes

Agência Brasil

Publicação: 10/06/2014 19:03 Atualização:

A Prefeitura do Rio de Janeiro recomenda que os espectadores que vão assistir a jogos da Copa no Estádio do Maracanã utilizem o transporte público, principalmente o metrô. Segundo o secretário Municipal de Transportes, Alexandre Sansão, o foco do planejamento foi o Maracanã, mas a expectativa é que não haja complicações em outros pontos da cidade, por conta da decretação de feriado no dia, sem o fechamento de vias para áreas de lazer.

“Temos um plano de mobilidade baseado principalmente no metrô, mas também complementado pelo BRT [Bus Rapid Train], pelos trens e pelas linhas de ônibus. Deslocamentos a pé também serão sinalizados, estão planejados de forma que nós não tenhamos problemas para o deslocamento das 70 mil pessoas para o Maracanã nos dias de jogo”.

Em caso de paralisação no metrô, que pode ser decretada nesta terça-feira (10/6) se a assembleia dos metroviários decidir por greve, o secretário garante que há alternativas planejadas.

Leia mais notícias em Brasil

“Nós temos um plano de contingência. Se houver alguma paralisação no serviço de metrô seja por que razão for, estamos preparados para atender o deslocamento das pessoas para o Maracanã, seja por meio dos trens ou das linhas de ônibus complementares, esse sistema tem capacidade para transportar as pessoas para o Maracanã sem problemas. Se houver alguma paralisação no metrô, vamos anunciar fortemente quais são as linhas de ônibus alternativas e os ramais de trem que podem ser usados como contingência”, explicou.

O diretor de operações da Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio de Janeiro (CET-Rio), Joaquim Diniz, ressalta a proibição de ônibus e vans fretadas chegarem perto do estádio. Os bloqueios para esses veículos foram instalados a 4 ou 5 quilômetros do local dos jogos.

“Estamos repetindo um esquema que deu certo. A novidade é a possibilidade de veículos fretados tentarem acessar o Maracanã. Por conta disso, estamos ampliando a área de bloqueio especificamente para esses dois tipo de veículos, são 28 pontos de bloqueio. Veículos fretados, sejam eles ônibus ou vans, não vão chegar nas proximidades do Maracanã nos dias de jogos, das 9h da manhã até três horas após o término dos jogos”.

Os ônibus e vans fretadas deverão estacionar na Ilha do Fundão e os torcedores deverão pegar um ônibus até a estação Del Castilho do metrô.

As rotas a pé sinalizadas vão do Aeroporto Santos Dumont para a estação de metrô da Cinelandia; da estação das barcas para a estação Carioca do metrô; do Pier Mauá até a estação Uruguaiana; e da rodoviária a pontos de ônibus.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas