Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Local para assistir jogos no Rio ainda não tem autorização da Defesa Civil A expectativa é receber 30 mil torcedores a cada jogo do Brasil, número maior do que a capacidade de 20 mil do evento oficial Fifa Fan Fest, na Praia de Copacabana

Agência Brasil

Publicação: 11/06/2014 17:11 Atualização:

Tradicional ponto de concentração popular para assistir aos jogos da Copa do Mundo, o Alzirão, na Tijuca, corre o risco de não ter autorização este ano. A Defesa Civil do Rio de Janeiro exige que os reponsáveis pelo local providenciem duas ambulâncias particulares, um poso médico e profissionais de saúde para "cumprir os requisitos da legislação".

A organização do evento, que se repete há dez edições do Mundial, espera que o problema seja resolvido como nos anos anteriores, quando o governo do estado liberou ambulâncias do Corpo de Bombeiros para dar suporte ao evento na esquina da ruas Alzira Brandão e Conde de Bonfim. A expectativa é receber 30 mil torcedores a cada jogo do Brasil, número maior do que a capacidade de 20 mil do evento oficial Fifa Fan Fest, na Praia de Copacabana.

Leia mais notícias em Brasil

A assessoria do governo estadual informou que a questão é de responsabilidade da Defesa Civil, que por sua vez, disse que o pedido de ambulâncias é feito para a Secretaria Municipal de Saúde que, por fim, disse que não recebeu nenhum pedido nesse sentido e não fornece suporte para eventos particulares.

A festa está marcada para começar amanhã (12) às 15h, para a transmissão da estreia do Brasil na Copa contra a Croácia, às 17h. Os jogos serão transmitidos em um telão de LED de 24 metros quadrados e após o término haverá shows com a bateria da escola de samba Unidos da Tijuca, o grupo Bom Gosto e o cantor Luiz Ayrão, autor da música Meu Canarinho, sucesso na Copa de 1982.

O controle do trânsito e os bloqueios serão feitos a partir das 14h pela Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio (CET-Rio). A segurança do evento será feita por 250 policiais militares e 70 guardas municipais.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas