Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Metroviários de São Paulo descartam greve na abertura da Copa Em reunião na véspera da abertura da Copa, promotores tentaram reavaliar demissão de 42 funcionários

Publicação: 11/06/2014 21:38 Atualização: 11/06/2014 21:41

Em assembleia realizada nesta quarta-feira (11) na sede do Sindicato dos Metroviários, grevistas decidiram pela não continuidade da paralização, mesmo com as demissões. Participaram do evento o superintendente do Ministério do Trabalho em São Paulo, Luiz Antonio de Medeiros e a deputada federal Luiza Erundina (PSB).

 

A greve estava suspensa desde segunda-feira (9), após o movimento ser considerado abusivo pela Justiça do Trabalho e 42 funcionários serem demitidos. O governo não recuou da decisão, mas os sindicalistas se comprometeram a intensificar a mobilização pelo cancelamento das demissões. O primeiro ato está marcado para as 10h de quinta-feira (12), no Tatuapé.

Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas