Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Recife tem plano de mobilidade para impedir caos durante a Copa Com reforço das tropas da Força Nacional, Recife será policiado por 5 mil policiais militares e mais de mil policiais civis

Agência Brasil

Publicação: 13/06/2014 12:55 Atualização:

[FOTO1]
As cenas de caos registradas na estação do metrô do Recife nas chegadas e saídas da Copa das Confederações, no ano passado, quando milhares de torcedores disputaram espaço nos vagões, não vão se repetir na Copa do Mundo. A informação é do secretário-executivo de Supervisão Técnica da Secretaria Extraordinária da Copa em Pernambuco, Sílvio Bompastor. Ele aposta em um plano de mobilidade que reduziu a criculação do metrô nos cinco dias de jogos na Arena Pernambuco.

“No ano passado, nós transportamos aproximadamente 60% das pessoas pelo metrô. Desta vez, estamos propondo que o metrô transporte apenas 30% porque implantamos outros modais possíveis, como o BRT, um ônibus de transporte rápido, com corredores exclusivos.”

Apesar do otimismo do secretário, as obras do BRT estão incompletas. Apenas duas das 16 estações prometidas ficaram prontas até o momento. Ao todo, 200 mil pessoas são esperadas para os cinco dias de jogos na Arena Pernambuco – 59% delas serão estrangeiros que devem optar pelo transporte coletivo. Quem quiser ir de carro vai ter de escolher um dos três estacionamentos periféricos, com preços médios de R$ 40.

Esse esquema especial de mobilidade foi necessário porque, ao contrário de cidades como Rio de Janeiro e São Paulo, onde os estádios localizam-se em áreas centrais, no Recife, a Arena Pernambuco fica no município de São Lourenço da Mata, há 19 km do Aeroporto Internacional dos Guararapes.

Leia mais notícias em Brasil

As tão faladas manifestações dos grupos anticopa são esperadas para o centro do Recife. O secretário diz que o sistema de segurança montado na cidade está preparado para evitar abusos. “Estamos realmente preparados, com 100% de certeza de que vai haver protestos, e vamos monitorá-los muito bem para que possam ser identificados e presos aqueles que estiverem ameaçando o patrimônio público e privado.”

Com reforço das tropas da Força Nacional, Recife será policiado por 5 mil policiais militares e mais de mil policiais civis. Eles vão patrulhar vários pontos montados na Arena Pernambuco e próximos a hotéis e praias da capital e região metropolitana.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas