Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Sem-terra fazem marcha de 17 dias por reforma agrária no interior de SP Trabalhadores devem encerrar a marcha no dia 4 de julho, na capital paulista. O grupo caminha pelo acostamento e é acompanhado por policiais rodoviários

Agência Brasil

Publicação: 17/06/2014 15:54 Atualização:

Cerca de 300 trabalhadores rurais sem-terra, segundo estimativa da Polícia Rodoviária do Estado de São Paulo, fazem, desde as 6h desta terça-feira (17/6), uma marcha pela Rodovia Castello Branco para reivindicar terras para reforma agrária.

Eles saíram do município de Águas de Santa Bárbara, a 300 quilômetros da capital paulista, e devem passar a noite na cidade de Iaras, onde chegaram por volta das 10h. A marcha deve ser retomada amanhã (18), por volta das 6h.

Leia mais notícias em Brasil

De acordo com Vleutemberg do Vale, integrante da Frente Nacional de Luta Campo e Cidade (FNL) e um dos coordenadores do protesto, os trabalhadores devem encerrar a marcha no dia 4 de julho, na capital paulista. O grupo caminha pelo acostamento e é acompanhado por policiais rodoviários.

O movimento estima que aproximadamente 500 pessoas participem do ato. A FNL é comandada por José Rainha, ex-líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST).

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

:: Publicidade



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas