Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Rio terá feriado integral na próxima quarta-feira por causa da Copa No dia 4/7, durante as quartas de final, o feriado previsto já era integral, pois a partida começa às 13h

Agência Brasil

Publicação: 20/06/2014 21:51 Atualização:

A prefeitura do Rio decidiu decretar feriado integral na próxima quarta-feira (25), quando França e Equador se enfrentarão no Estádio do Maracanã, e não apenas a partir do meio-dia, como estava previsto. A mudança será publicada no Diário Oficial na próxima segunda-feira (23) e atende a pedido das forças de segurança pública, para que o esquema em torno do estádio seja melhor executado.

No dia 4 de julho, quando haverá um jogo de quartas de final no Maracanã, o feriado previsto já era integral, porque a partida vai ser às 13h.

As autoridades municipais também anunciaram mudanças no plano operacional no entorno do Maracanã. A partir de agora, em todos os jogos no estádio, a interdição parcial será feita sete horas antes da partida e a interdição integral passou para seis horas. Antes, o esquema era de seis e quatro horas, respectivamente. Também foi alterado o horário de bloqueio de veículos fretados, que começaria às 9h e foi antecipado para as 7h.

Para o jogo Brasil e Camarões, na segunda-feira, em Brasília, às 17h, será repetido o esquema utilizado na partida anterior da seleção brasileira, na última terça. A única alteração será a pista reversível da Avenida Radial Oeste, no sentido do bairro do Méier, zona norte da cidade, que costuma ser usada a partir das 16h, e na próxima segunda-feira funcionará depois das 12h.

O diretor da CET-Rio recomenda o uso de transportes públicos, principalmente o metrô. Ele reconhece que no último jogo do Brasil o trânsito no Rio ficou caótico com a concentração das pessoas que foram liberadas do trabalho às 12h. “As vias da cidade não têm capacidade de suportar essa grande quantidade de veículos circulando ao mesmo tempo”, destacou.

Para ele, a ideia de que usar o carro em dia de jogo do Brasil, pensando que a volta para casa será mais rápida, não se confirmou. Por isso, "a gente insiste e reforça a recomendação para as pessoas deixarem o carro em casa e irem para o trabalho em transporte público, porque a volta para casa será mais rápida”, aconselhou.

Maciel contou ainda que Terreirão do Samba, na Praça Onze, centro do Rio, tinha recebido até o fim da tarde de hoje 37 motorhomes. A decisão de transformar a área em estacionamento para este tipo de veículo foi tomada pela prefeitura ontem (19), diante do grande número de motorhomes que chegaram à cidade com turistas estrangeiros, principalmente argentinos e chilenos. “Eles saíram das vias da cidade e foram direcionados [para o Terreirão]. Essa operação vai ser mantida até o fim da Copa”, informou Maciel.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas