Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Comunidades denunciam remoções feitas para a Copa do Mundo Foram colocadas na areia da praia mais de 100 cruzes, com nomes de várias comunidades carentes, que representam as remoções feitas na capital fluminense

Agência Brasil

Publicação: 23/06/2014 15:06 Atualização: 23/06/2014 16:35

Representantes de várias comunidades do Rio de Janeiro se uniram nesta segunda-feira (23/6) pela manhã em um protesto na Praia de Copacabana, na altura da Rua República do Peru, para denunciar “as injustiças nacionais relacionadas à questão da moradia, entre as quais o déficit habitacional e as políticas habitacionais nas três esferas de governo”, disse à Agência Brasil Fábio Dutra, da Associação de Moradores e Amigos do Horto (Amahor).

Leia mais notícias em Mundo

 (Tomaz Silva/Agencia Brasil)


Segundo ele, a ação se insere no movimento nacional de luta pela moradia. “Não é um movimento focado em uma representação institucional”, observou. Foram colocadas na areia da praia mais de 100 cruzes, com nomes de várias comunidades carentes, que representam as remoções feitas na capital fluminense, a maioria motivada pelos megaeventos, como a Copa do Mundo e as Olimpíadas de 2016, cujos acordos internacionais previam obras de infraestrutura de transporte, disse Dutra.



O objetivo, salientou, é aproveitar a cobertura da mídia para a Copa, sobretudo a internacional, particularmente hoje, quando haverá o jogo entre Brasil e Camarões, para “mostrar um pouco da realidade que está ocorrendo no Brasil, para mostrar essas remoções que na grande mídia nunca vão aparecer”.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas