Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Torcedores juntam samba e futebol no Centro Cultural Cartola, no Rio Brasileiros acompanham o jogo em um telão. No fim da partida, vai começar nova roda de samba

Agência Brasil

Publicação: 23/06/2014 17:16 Atualização:

O Centro Cultural Cartola, na Mangueira, zona norte do Rio, transformou-se em ponto de concentração de torcedores para a partida entre Brasil e Camarões. Como o centro fica a poucos metros da quadra da escola de samba Estação Primeira de Mangueira e tem o nome de um dos mais importantes compositores da verde e rosa, o samba não podia ficar de fora. No intervalo do jogo, vai ter a roda de Samba dos Benini – criada por Jorginho, o irmão Gilson e o sobrinho Rafael.

Os três são sambistas da Mangueira, e Gilson é um dos compositores do samba Tá Escrito – adotado pelos jogadores da seleção brasileira como música tema do time. Gilson lembrou que a letra tem servido de incentivo para muita gente, porque fala de perseverança. "Leva uma mensagem de otimismo e de fé. Ter essa música como hino da copa foi o máximo para mim. A expectativa é muito boa. Espero que a gente possa degustar os camarões aqui, e eles lá em campo", contou.

O cardápio foi preparado pela cozinheira Marion e tudo leva camarão. Tem pastel, caldo e camarão à paulista. Para Nilcemar Nogueira, neta de Cartola e diretora do Centro, o cardápio é bom e ainda combina samba com futebol. "Espero não me entalar com camarão. A expectativa é de muita festa. Afinal samba e futebol são a paixão maior do brasileiro. E a esperança é poder conjugar essas duas alegrias do nosso povo."

Leia mais notícias em Brasil

Os torcedores acompanham o jogo em um telão. No fim da partida, vai começar nova roda de samba. Jorginho espera que seja para comemorar um resultado positivo do Brasil. "Vamos comemorar a vida e vibrar. Depois do jogo, o couro vai comer até a meia-noite."

Em dias de programação normal, os visitantes podem conhecer o Museu do Samba do Centro Cultural Cartola e fazer uma visita guiada, de segunda a sexta, entre as 10h e as 17h, com ingresso a R$ 10. Nos dias de jogo do Brasil, quem for às rodas de samba não paga o ingresso do museu. A entrada para o samba é R$ 9,99.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas