Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Turista que caiu do terceiro andar em aeroporto no Rio está em estado grave Delegacia do aeroporto está investigando o caso para descobrir o que levou à queda do equatoriano

Agência Brasil

Publicação: 30/06/2014 17:59 Atualização:

O turista equatoriano de 39 anos que caiu no início da noite de domingo (29/6) do terceiro para o segundo andar no Terminal 1 do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão – Antônio Carlos Jobim, está internado em estado grave no Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio. A delegacia do aeroporto está investigando o caso para descobrir o que levou à queda de José Benjamin Laoiza Paladine.

Segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), o equatoriano conseguiu entrar em uma área restrita e fechada por vidros que fica no terceiro andar do terminal. Por volta das 19h, ele caiu do lado de fora do terminal. A Infraero prestou o primeiro atendimento e encaminhou Paladine ao hospital Souza Aguiar.

Leia mais notícias em Brasil

A Secretaria Municipal de Saúde informou que o equatoriano chegou ao hospital com traumatismo craniano e fraturas nos braços. Ele passou por cirurgia no início da tarde de hoje (30) e foi encaminhado para o Centro de Tratamento Intensivo (CTI) da unidade.

De acordo com a Polícia Civil, as imagens de segurança do aeroporto estão sendo analisadas e testemunhas e funcionários da Infraero estão sendo ouvidos pela Delegacia do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro. Um representante do consulado equatoriano foi enviado à delegacia para acompanhar o caso. Procurado pela Agência Brasil, o consulado disse não ter maiores informações sobre o caso.

Não é o primeiro registro de acidentes deste tipo no Galeão. Em janeiro deste ano, a menina argentina Camila Palacios, de 3 anos, caiu de uma altura de 5 metros ao passar por um vão entre a escada rolante e o guarda-corpo no Terminal 2. Na ocasião, o vão por onde a criança caiu tinha 8 centímetros além do permitido, irregularidade que foi corrigida em seguida pela Infraero.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas