Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Fifa mantém venda de cerveja no Maracanã apesar de recomendação do MP O Ministério Público usa como justificativa a lei que proíbe a venda de bebidas em garrafas de vidro ou em latas nos estádios ou locais onde haja atividades cívicas, culturais ou esportivas

Agência Brasil

Publicação: 04/07/2014 09:46 Atualização: 04/07/2014 13:10

 (Evaristo Sa/AFP Photo)

Apesar de recomendação do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ), a Federação Internacional de Futebol (Fifa) informou que não considera restringir o consumo e a venda de cerveja dentro do Estádio do Maracanã. Nessa quinta-feira (3/7) o MP-RJ e o Conselho Nacional de Procuradores-Gerais expediram uma recomendação à Fifa para que o comércio de bebidas alcoólicas fosse restringido a partir do jogo desta sexta-feira (4/7), entre França e Alemanha.

A recomendação foi motivada por relatórios da Polícia Militar, que informam sobre episódios de violência envolvendo torcedores alcoolizados no Maracanã. O Ministério Público também usa como justificativa a Lei Estadual 404, de 1980, que proíbe a venda de bebidas em garrafas de vidro ou em latas nos estádios ou locais onde haja atividades cívicas, culturais ou esportivas.

Leia mais notícias em Brasil

O MP-RJ também entregou o documento à Polícia Militar, que respondeu dizendo que a responsabilidade sobre o evento é da Fifa. A recomendação também chegou às concessionárias de alimentos Convivas Brasil e Aramark, para que elas deixem de vender, fornecer ou entregar garrafas e latas dentro do estádio.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas