Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Agência mantém multas que somam mais de 1 milhão a Metrô do Rio e SuperVia As penalidades são referentes a incidentes registrados desde 2012

Agência Brasil

Publicação: 09/07/2014 23:14 Atualização:

O Conselho Diretor da Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro (Agetransp) manteve as três multas aplicadas às concessionárias SuperVia e Metrô Rio neste ano. O total, segundo a Agetransp atinge R$ 1.199.305,49.

Na sessão regulatória da última segunda-feira (7), a agência manteve a multa de R$ 868.474,96 para a SuperVia, por causa de falhas no atendimento aos usuários durante incidente ocorrido no dia 22 de janeiro quando um trem do Ramal Saracuruna descarrilou, nas proximidades da Estação São Cristóvão, e interrompeu a circulação em todos os ramais, por mais de dez horas, com reflexo em outros meios de transporte, como ônibus e metrô.

O conselho da Agetransp não aceitou a alegação da concessionária de que os procedimentos de atendimento foram adequados e que houve ampla comunicação aos passageiros. Para a decisão, o conselho considerou a nota técnica da Câmara Técnica de Transportes e Rodovias (Catra), que apontou insuficiência de treinamento dos agentes envolvidos como uma das causas da falha no atendimento aos usuários.

Outra multa, no valor de R$ 41.889,15, foi aplicada por um incidente no dia 11 de agosto de 2010, com queda de rede aérea próxima ao pátio da Estação Deodoro. No episódio, passageiros de um trem do Ramal Japeri desembarcaram na via férrea e caminharam até a estação.

Leia mais notícias em Brasil

A SuperVia sofreu ainda mais três penalidades referentes a incidentes ocorridos em 2012 e 2013, no valor de R$ 117.436,72. Uma é relativa a incidente com um trem no dia 26 de setembro de 2012, próximo à Estação Engenho de Dentro. A Catra constatou que houve quebra de pantógrafos, com desembarque de passageiros na via férrea. Por causa do incidente, 57 composições circularam com atraso e cinco foram suprimidas.

Em outra decisão, a Agetransp decidiu multar a concessionária no valor de R$ 39.145,58, por um descarrilamento no dia 18 de março de 2013, próximo à Estação São Cristóvão. Na ocasião, houve desembarque de passageiros na via férrea. Outra multa, no valor de R$ 39.145,57, foi aplicada à SuperVia por causa de problema com um travessão próximo à Estação Campo Grande, no dia 25 de março de 2013. O equipamento, segundo a agência, faz a troca de linha das composições.

A multa ao Metrô Rio, de R$ R$ 288.941,38, se refere ao desacoplamento mecânico, na noite do dia 16 de janeiro deste ano, entre dois carros do transporte, que terminou em paralisação da circulação dos trens da Linha 2 durante 90 minutos, entre as estações de Irajá e Colégio.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas