Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Polícia Militar dispersa com bombas manifestação contra a Copa no Rio Os manifestantes pretendiam seguir em direção ao Estádio Maracanã, mas foram impedidos

Agência Brasil

Publicação: 13/07/2014 15:37 Atualização:

 (YASUYOSHI CHIBA )

Policiais militares dispersaram com uso de bombas de gás e de efeito moral um protesto contra a Copa que acontecia na Praça Saens Peña. Os manifestantes pretendiam seguir em direção ao Estádio Maracanã, mas foram impedidos por um forte esquema de segurança. Os policiais contam com auxílio de homens da Força Nacional e bloquearam todas as ruas no entorno da praça, para impedir que os manifestantes se desloquem.

Homens do Batalhão de Choque e da Cavalaria também reforçam o efetivo. Os manifestantes pedem a libertação de ativistas políticos contrários ao evento que foram presos ontem (12) em Operação da Polícia Civil.

Leia mais notícias em Brasil


A situação continua tensa no local, e os policiais da Cavalaria desembainharam as espadas para intimidar os manifestantes que tentam se reagrupar para seguir com o protesto. Eles carregam bandeiras e faixas criticando os gastos com a Copa.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas