Brasil
  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Número de mortos pela PM paulista cresceu 111% no primeiro semestre Levantamento não registra, porém, casos de pessoas mortas ou feridas nesse período por policiais que estavam em folga.

Agência Brasil

Publicação: 28/07/2014 16:43 Atualização:

De janeiro a junho deste ano, 317 pessoas foram mortas por policiais militares que estavam em serviço no estado de São Paulo, o que representa aumento de 111,3% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando 150 pessoas foram mortas. É o maior número registrado desde 2003, quando 399 civis foram mortos por policiais militares em serviço. Os dados constam de balanço trimestral que foi divulgado pela Secretaria de Segurança Pública.

Leia mais notícias em Brasil

Já o número de policiais militares mortos em serviço no estado caiu, passando de 7 casos no ano passado para 6 no primeiro semestre este ano. Segundo o balanço, no primeiro semestre, 280 pessoas ficaram feridas em confrontos com policiais militares em serviço. O levantamento não registra, porém, casos de pessoas mortas ou feridas nesse período por policiais que estavam em folga.

Quanto à atuação da Polícia Civil, o balanço informa que nove pessoas foram mortas por policiais em serviço entre janeiro e junho deste ano e 11 por policiais que estavam de folga. Nesse período, três policiais civis foram mortos em serviço.
Tags: mortos sp pm

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: luis silva
A chamada da matéria tem que ser: "Numero de criminosos que reagiram violentamente à abordagem ou que tentaram contra a vidas de PM´s e tiveram a vida ceifada legitimamente cresceu..." | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas