Brasil
  • (3) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Condenado por 52 estupros, médico Roger Abdelmassih é preso no Paraguai Médico especialista em fertilização in vitro foi condenado a 270 anos de prisão e estava foragido desde janeiro de 2011

Renata Mariz

Publicação: 19/08/2014 15:12 Atualização: 20/08/2014 09:03

 ( AFP PHOTO/ SENAD RESTRICTED)


Condenado a mais de 270 anos de prisão por 52 estupros e quatro tentativas de abuso contra 39 mulheres, o médico Roger Abdelmassih foi preso hoje à tarde em Assunção, capital do Paraguai. A Secretaria Nacional Antidrogas paraguaia, em cooperação com a Polícia Federal brasileira, deteve o médico perto da escola onde ele ia deixar os filhos, na companhia da mulher, com quem tem gêmeos.

Leia mais notícias em Brasil

Abdelmassih teve o registro cassado pelo Conselho Regional de Medicina de São Paulo depois que as denúncias de abuso sexual vieram à tona. Conhecido por atender celebridades, ele era especialista em fertilização in vitro. Abdemlamssih abusava das pacientes depois de sedá-las para procedimentos de reprodução assistida. Após o procedimento de deportação sumária, ele dará entrada no Brasil por Foz do Iguaçu/PR e, posteriormente, em data a ser confirmada, será transferido para São Paulo.

Esta matéria tem: (3) comentários

Autor: José Alencar
A PF sempre foi livre para investigar independente do partido e tem feito um ótimo trabalho apesar do PT. | Denuncie |

Autor: Felipe Costa
Esse Ricardo está brincando kkkk. Entre 2002 e 2014 os agentes federais são a categoria do serviço público que MENOS recebeu aumento. Entre 1996 e 2002 a PF fez 4 concursos e passou a exigir nível superior pra todos cargos. Em 2002 agentes = auditores... 2014 agentes 1/2 da remuneracao dos auditores. | Denuncie |

Autor: ricardo
É o PT em ação...Polícia Federal livre para investigar....concurso direto para agentes.FHC - 8 anos sem aumento salarial e concurso. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

PUBLICIDADE



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas