Brasil
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Denúncia pelo Whatsapp ajuda polícia do Rio a prender traficante Serviço disponibilizado pela polícia do Rio de Janeiro recebeu denúncia anônima sobre o paradeiro de Luciano da Silva, o Sardinha, que acabou preso

Agência Brasil

Publicação: 22/08/2014 16:31 Atualização:

Graças a informações passadas ao Portal dos Procurados do Disque-Denúncia por meio do aplicativo Whatsapp, policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Morro da Chatuba, no Complexo da Penha, prenderam Luciano da Silva Teixeira, o Sardinha, de 31 anos, suspeito de ser o chefe do tráfico de drogas na Cidade de Deus, em Jacarepaguá, zona oeste do Rio de Janeiro.

O serviço de inteligência do órgão averiguou as denúncias e, em seguida, policiais militares do Grupamento Tático da UPP foram enviados à região conhecida como Caracol, no Morro da Chatuba, onde Luciano, que já tinha seis passagens pela polícia, foi encontrado desarmado e não ofereceu resistência à prisão.

O tráfico de drogas na Cidade de Deus é controlado pela facção Comando Vermelho. Sardinha já teve passagem pelo sistema prisional entre 2002 e 2008 e de 2009 a 2012. De acordo com informações publicadas pelo site, o preso tinha mandado de prisão relacionado a associação e produção para o tráfico de drogas e condutas afins.

Leia outras notícias em Brasil

Quem tiver alguma informação a respeito da localização e do paradeiro de procurados pela Justiça ou pela polícia pode comunicar o fato por mensagem de texto, vídeo ou fotos do local de esconderijo, para o número Whatsapp do Portal dos Procurados - (21) 96802-1650 - ou entre contato com a Central Disque-Denúncia pelo (21) 2253-1177 ou 0300-253-1177, para quem estiver fora da capital.

O anonimato é garantido, segundo os organizadores, que alertam à população para não investigar por conta própria, devendo apenas relatar à polícia quando houver qualquer suspeita. Ontem, o Disque-Denúncia havia anunciado a oferta de recompensa por informações que levasse à prisão de envolvidos com o tráfico na Cidade de Deus.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas