Brasil
  • (3) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Mulher agredida com cotovelada deixa UTI do Conjunto Hospitalar de Sorocaba A jovem continua internada no hospital e o estado de saúde ainda é delicado

Publicação: 23/08/2014 12:57 Atualização: 23/08/2014 12:59

Agredida com uma cotovelada no rosto no último sábado (16/8), Fernanda Regina Cézar Santiago, 30 anos, deixou, na noite de sexta-feira (22), a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Conjunto Hospitalar de Sorocaba (SP). Segundo informações divulgadas na manhã deste sábado, a jovem está em observação e o estado de saúde ainda é considerado delicado.



Fernanda sofreu traumatismo craniano depois de ter sido agredida por um homem identificado como Anderson Tingo de Oliveira, 34 anos, em São Roque, Região Metropolitana de Sorocaba. De acordo com imagens registradas pelas câmeras de segurança do local, a mulher estava discutindo verbalmente com o homem, que segurava na mão uma lata de cerveja. No meio da discussão, ele golpeu o rosto de Fernanda, que caiu desacordada.

A jovem foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada um hospital do município. Por conta da gravidade, ela foi transferida para o Conjunto Hospitalar de Sorocaba, onde deu entrada na UTI. Depois que os bombeiros resgataram Fernanda, o suspeito entrou em um carro com colegas e foi embora. Segundo informações de jornais locais, ele foi reconhecido por familiares da vítima e preso na terça-feira (9). Anderson Tingo de Oliveira deve responder por tentativa de homicídio qualificado porque a vítima não tinha como se defender.

Esta matéria tem: (3) comentários

Autor: Antônio Alencar
Muita irracionalidade! Infelizmente, a selvageria está tomando conta da sociedade. Agride-se, por qualquer banalidade. Educação é a solução pra selvageria brasileira ! | Denuncie |

Autor: Rayssa Silva
NADA justifica essa cotovelada! Fdp covarde! Duvido se fosse um homem tão grande quanto ele, se faria a mesma coisa... Homens covardes...! Infelizmente o mundo está cheio deles... | Denuncie |

Autor: José Flávio Bezerra
Perturbando o cara que ficou então calado ...e ela perturbando e ofendendo moralmente o cara... O cara não aguentou! Procurou achou. Isso vale para homem e mulher! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.



  • Últimas notícias
  • Mais acessadas