SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Temporal mata homem e derruba 154 árvores em São Paulo

Algumas ruas e avenidas ficaram alagadas, enquanto em áreas do extremo norte da cidade quase nem choveu

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/10/2016 09:13

Agência Estado

Uma forte chuva e rajadas de vento, no final da tarde de quinta-feira (20/10), atingiram a região oeste da cidade de São Paulo, causando a morte de um homem, no bairro da Lapa. Segundo a Defesa Civil, a vítima recebeu choque elétrico quando estava na Praça Miguel Dell erb e foi socorrida por populares, mas acabou morrendo no hospital. Há relatos ainda de outras pessoas socorridas, uma delas com hipotermia, também na Lapa. Algumas ruas e avenidas ficaram alagadas, enquanto em áreas do extremo norte da cidade quase nem choveu.

Nesta sexta-feira (21/10), essa região amanheceu com algumas ruas cheias de folhas e galhos de árvores. O Corpo de Bombeiros recebeu chamados porque 154 árvores caíram. Também houve falta de energia elétrica e vários semáforos ainda não voltaram a funcionar, prejudicando o trânsito em cruzamentos. No entanto, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que, às 7h30 de hoje, estava sem operar apenas 1,5% dos semáforos.

Leia mais notícias em Brasil

Calor pode diminuir hoje

De acordo com a previsão da Meteorologia , o calor diminui nesta sexta-feira com máxima podendo alcançar 26 graus. Por enquanto, o tempo segue encoberto e pode voltar a chover, mas com menos intensidade e sem riscos de um temporal como o de quinta-feira (20/10). Parte da zona oeste ainda sofre com interrupção de energia por causa do temporal

A AES Eletropaulo informou que técnicos da empresa de fornecimento de energia trabalham para restabelecer a energia em parte da região oeste, uma das mais afetadas pelo temporal que atingiu a cidade, no fim da tarde de quinta-feira (20/10) com rajadas de vento de até 60 quilômetros por hora.

De acordo com a AES Eletropaulo em parte dos bairros Pinheiros e Butantã, a energia já foi restabelecida após um trabalho que durou até às 2h30 desta sexta-feira (21/10). Nos bairros Itaim, Interlagos e Morumbi, na zona sul, houve queda de granizo e o volume mais significativo de chuva (55,2 milímetros) foi registrado no Butantã.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade