SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Aeroporto de Medellín confirma resgate de 6 sobreviventes em comunicado

A Chapecoense partiu de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, em um voo da companhia boliviana LaMia, rumo ao aeroporto de Medellín

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/11/2016 07:07 / atualizado em 29/11/2016 11:13

Em comunicado divulgado no Twitter, o aeroporto de Medellín confirmou o resgate de seis sobreviventes do acidente envolvendo o avião que transportava o time da Chapecoense à Colômbia. Relatos iniciais indicavam ao menos 10 resgatados.

A Chapecoense partiu de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, em um voo da companhia boliviana LaMia, rumo ao aeroporto de Medellín. A causa do acidente ainda não foi esclarecida, mas especula-se dificuldades com a falta de visibilidade, falha elétrica ou até mesmo pane seca.

Jornalistas da rede de TV Fox Brasil estariam entre os 72 passageiros do voo, além de outros profissionais da imprensa.

Rádios locais afirmam que as equipes de resgate têm dificuldades de locomoção e ainda não chegaram ao local do acidente, devido à baixa visibilidade e ao terreno acidentado.
 
Por Agência Estado 

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade