SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Relembre as tragédias aéreas mundiais envolvendo atletas

Tragédia com avião que levava a Chapecoense deixa mais de 70 mortos na Colômbia

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/11/2016 10:39

Paris, França - O acidente na Colômbia de um avião que levava o time de futebol da Chapecoense soma-se a uma lista de atletas mortos em catástrofes aéreas:

Torino: em 4 de maio de 1949, o avião que transportava a equipe de futebol do Torino, campeão da Itália, caiu na colina de Superga (norte da Itália) e pegou fogo. Todos os ocupantes foram carbonizados.

Marcel Cerdan: em 28 de outubro de 1949, o avião com o pugilista francês Marcel Cerdan, que estava de partida para os Estados Unidos para reconquistar seu título mundial, caiu durante a noite em Açores.

Manchester United: em 6 de fevereiro de 1958, oito jogadores da equipe de futebol do Manchester United, campeão da Inglaterra, estavam entre as 21 vítimas de um acidente na decolagem em Munique.

Jogadores de futebol dinamarqueses: em 16 de julho de 1960, oito membros da equipe internacional de futebol dinamarquesa morrem em um acidente na decolagem de seu avião em Kastrup (Dinamarca).

Patinadores americanos: em 15 de fevereiro de 1961, 18 patinadores da equipe nacional dos Estados Unidos morreram no acidente do voo Nova York-Bruxelas, a 6 km da capital belga.

Jogadores do rúgbi e canibalismo: em 13 de outubro de 1972, um Fokker que transportava jogadores de rúgbi de Montevidéu (Uruguai) caiu no Andes. Os sobreviventes passaram 70 dias na neve e recorreram ao canibalismo para sobreviver.

Esgrimistas cubanos: em 6 de outubro de 1976, os 24 membros da equipe de esgrima cubana morreram na explosão, na costa de Barbados, de um DC-8 da Cubana de Aviacion devido a duas bombas colocadas por um grupo anti-castrista (70 pessoas mortas no total).

Equipe de futebol uzbeque: em 11 de agosto de 1979, um Tupolev transportando a equipe de futebol do Tashkent (Uzbequistão) caiu entre Minsk e Tashkent, nenhum sobrevivente.

Pugilistas americanos: em 14 de março de 1980, 22 membros da equipe de boxe amador americana e seus acompanhantes morreram na queda de um Ilyushin perto do aeroporto de Varsóvia-Okecie (87 mortes no total).

Acidente no Paris-Dacar: em 14 de janeiro de 1986, o criador do rali Paris-Dakar, Thierry Sabine, o piloto François Xavier Bagnoud e o cantor Daniel Balavoine e outras duas pessoas morreram na queda do seu helicóptero no Mali, perto de Gourma-Rharous, cidade de chegada de uma etapa da competição.

Equipe de futebol peruana: em 8 de dezembro de 1987, 43 jogadores do Alianza Lima, o time de futebol mais antigo e prestigiado do Peru, morreram no acidente de um Fokker F-27 da Marinha peruana que caiu no mar em Lima (Peru).

Equipe de futebol peruana: em 8 de dezembro de 1987, 43 jogadores do Alianza Lima, o time de futebol mais antigo e prestigiado do Peru, morreram no acidente de um Fokker F-27 da Marinha peruana que caiu no mar em Lima (Peru).

Piloto britânico: em 15 de setembro de 2007, o piloto britânico Colin McRae, que havia sido em 1995 o mais jovem campeão da história de ralis, morreu aos 39 anos na queda de um helicóptero na Escócia. Seu filho de cinco anos e outros dois passageiros também morreram.

Equipe de hóquei no gelo russa: em 7 de setembro de 2011, um avião Yak-42 caiu na decolagem em Yaroslavl (300 km ao nordeste de Moscou), matando 44 pessoas, incluindo membros da equipe de hóquei local do Locomotiv, três vezes campeã da Rússia e com vários astros internacionais do esporte.

Atletas franceses mortos em reality show: Em 9 de março de 2015, a nadadora Camille Muffat, a navegadora Florence Arthaud e o boxeador Alexis Vastine morreram na colisão de dois helicópteros durante as filmagens de um reality show na Argentina.

Jogadores brasileiros: um avião, com 72 passageiros a bordo, incluindo a equipe de futebol brasileira da Chapecoense e vários jornalistas, e nove membros da tripulação, caiu na segunda-feira à noite na Colômbia, perto de Medellin (noroeste), anunciaram as autoridades, evocando seis sobreviventes.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade