SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Temer informa que avião da FAB levará parentes e especialistas à Colômbia

A aeronave que levava a equipe da Chapecoense, time de Santa Catarina, caiu na madrugada desta terça-feira, em local próximo ao aeroporto de Medellín, onde disputaria a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/11/2016 17:11

Julia Chaib

EVARISTO SA

O presidente Michel Temer reiterou na tarde desta terça-feira (29/11) o pesar pela tragédia com a delegação da Chapecoense  e informou medidas tomadas pelo governo para prestar apoio às investigações sobre o acidente, além do resgate das vítimas. "A cada uma das famílias hoje atingidas pela dor, que possam encontrar consolo e superação nesses momentos difíceis", disse o porta-voz Alexandre Parola, em nome do presidente. Temer também se dirigiu especificamente aos parentes de jornalistas que estavam no voo. "Hoje, o trabalho da imprensa se vê ainda mais difícil pelo desafio de informar sobre amigos e colegas.

A aeronave que levava a equipe da Chapecoense, time de Santa Catarina, caiu na madrugada desta terça-feira, em local próximo ao aeroporto de Medellín, onde disputaria a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional. O voo da Lamia, empresa boliviana, levava 73 passageiros e 9 tripulantes, sendo 21 jornalistas. Três pessoas que contsavam na lista de passageiros original não teriam embarcado. Seis pessoas foram resgatadas com vida. As equipes ainda trabalham no resgate e reconhecimento dos corpos. Temer disse que conversou com o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, que transmitiu mensagens de pesar e colocou ajuda à disposição do governo.

De acordo com a declaração de Parola, o governo colombiano enviou para Medellín uma equipe de especialistas para ajudar a identificar os corpos e também providencia um escritório no aeroporto para servir de apoio aos parentes. Parola informou também que o cônsul do Brasil na cidade foi ao hospital onde as vítimas sobreviventes estão internadas, além de cinco funcionários da embaixada brasileira que foram enviados a Medellín.

"O Presidente Michel Temer determinou também o envio de uma aeronave da Força Aérea Brasileira à Colômbia para que autoridades e representantes de órgãos públicos e privados possam prestar todo o auxílio aos familiares e sobreviventes do acidente", informou Parola.

Leia mais notícias em Brasil


A aeronave saiu de São Paulo com destino à Brasília, onde devem embarcar mais passageiros antes de seguir para a Colômbia, onde deverá chegar por volta das 1h30. Serão levados os integrantes da prefeitura de Chapecó, inclusive o prefeito Luciano Buligon, especialistas do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), membros do Ministério das Relações Exteriores (MRE), integrantes da Polícia Federal, do Ministério da Saúde, do Esporte, além de representantes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Funcionários da Globo e da Fox Esportes também vão a bordo, para ajudar no reconhecimento e liberação das vítimas.

Há também duas aeronaves da FAB -- um C-130 Hércules e um C-105 --  e uma equipe de especialistas em resgate do Esquadrão Aeroterrestre de Salvamentode prontidão para auxiliar no resgate e no traslado dos corpos e sobreviventes. O porta-voz ainda disponibilizou contatos para informações sobre o acidente:  (61) 2030-8803 e (61) 2030-8804, e pelo e-mail dac@itamaraty.gov.br

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade