SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Comissária diz que houve falta de luz antes de avião da Chapecoense cair

Depoimento de sobrevivente reforça a hipótese de que avião caiu devido à falta de combustível

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/11/2016 12:18 / atualizado em 30/11/2016 17:50

Os dois membros da tripulação que sobreviveram ao voo da Chapecoense foram ouvidos nesta quarta-feira (30) por autoridades colombianas. O depoimento da comissária de bordo Ximena Suárez, embora curto, reforça a hipótese de que a queda aconteceu devido à falta de combustível. 

Citado pela imprensa colombiana, Luis Pérez, governador do departamento de Antioquia, cuja capital é Medellín, disse que Ximena relatou uma falha elétrica pouco antes da queda. "Ela falou que as luzes (da aeronave) começaram a se apagar de repente, e 40 ou 50 segundo depois, ela sentiu a pancada", contou o governador. Depois, a comissária não se recorda de mais nada.

Para alguns especialistas, como a aeronave usada para transportar a equipe de futebol catarinense tem autonomia de voo de cerca de 3 mil quilômetros, aproximadamente a distância a ser percorrida, a falta de combustível pode ter sido a causa da tragédia. Como, sem combustível, o fornecimento de eletricidade cessa, o relato de Ximena reforça essa teoria.

 

Passageiros em pânico


O comissário Erwin Tumiri, um dos seis sobreviventes do desatre, também foi ouvido. Ele disse que a tripulação seguiu à risca os protocolos de segurança de acidentes aéreos, ao contrário do restante dos passageiros.

"Sobrevivi porque segui os protocolos. Naquela situação, muitos se levantaram das cadeiras e começaram a gritar, mas eu coloquei as malas entre minhas pernas para formar a posição fetal que se recomenda nos acidentes", declarou, à Rádio Caracol, da Colômbia.

Entre os seis feridos, estão o zagueiro Neto, o goleiro Follmann, que já defendeu a URT de Patos de Minas, e o lateral-esquerdo Alan Ruschel, todos hospitalizados na Colômbia. O jornalista Rafael Henzel, que também estava no voo, também está internado.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade