SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Juiz é assassinado na frente do filho em Porto Alegre

O magistrado atuava na Justiça do Trabalho de Santa Rosa, cidade do noroeste gaúcho

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/04/2017 17:43

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul investiga o assassinato de um juiz na manhã deste sábado (15/4), na zona sul de Porto Alegre. Cláudio Roberto Ost, de 50 anos, foi alvejado com cinco tiros quando saía da casa da namorada, uma jovem de 25 anos. O suspeito, segundo a polícia, é um adolescente de 17 anos, ex-namorado da companheira de Ost.
 

O juiz morreu no local, em frente ao filho de 9 anos de idade. O magistrado atuava na Justiça do Trabalho de Santa Rosa, cidade do noroeste gaúcho.

Conforme o delegado Daniel Mendelski, Ost havia chegado de viagem com a namorada, quando encontraram o ex-namorado dela dentro de sua casa, no bairro Jardim Vila Nova. Depois de uma discussão, o menor foi embora.

Mais tarde, porém, ao deixar o local, o juiz foi surpreendido e assassinado já na rua, quando entrava em seu carro. O suspeito possui passagem por tráfico e está sendo procurado. Ost era viúvo, deixa um filho de 9 e outro de 28 anos.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.