Novo ministro da Justiça, Torquato não confirma Leandro Daiello na PF

O ministro garantiu que a investigação da Lava-Jato continua independente das pessoas que ocupam cargos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
O novo ministro da Justiça, Torquato Jardim, que tomou posse ontem em solenidade no Palácio do Planalto, não confirmou a presença de Leandro Daiello como superintendente da Polícia Federal. A chegada de Torquato à pasta foi vista com desconfiança por setores da própria PF, que temem uma ingerência política na corporação e ameaças aos rumos da investigações da Lava-Jato.
 
 
Torquato disse que viajará na sexta-feira para Porto Alegre, a convite de Daiello, para participar da posse do novo superintendente da PF no Rio Grande do Sul. E brincou que, como a viagem vai durar duas horas para ir e duas para voltar, eles estarão juntos por quatro horas, tempo suficiente para conversar com o atual superintendente sobre o futuro.
 
“O Brasil é institucional.  Seja quem for na operação Lava-Jato, na Polícia federal, na Justiça, a investigação continuará. Ela não depende de pessoas, é institucional. O fato do diretor-geral estar há muito tempo no cargo não é fator relevante na avaliação” , disse o ministro. 
Tags: Lava-Jato pf
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.