Governo anuncia 25,6 mil novas unidades do Minha Casa, Minha Vida

As casas serão construídas em 77 municípios, com base em 122 projetos analisados pelo ministério, e devem gerar 30 mil empregos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 02/06/2017 13:50 / atualizado em 02/06/2017 13:55

Antonio Cunha/CB/D.A Press

O Ministério das Cidades anunciou, nesta sexta-feira (2/6), a construção de 25,6 mil novas unidades do programa Minha Casa, Minha Vida. O governo pretende investir R$ 2,1 bilhões em projetos para famílias que se enquadrem na faixa 1 do programa, com renda mensal bruta de até R$ 1,8 mil.

As casas serão construídas em 77 municípios, com base em 122 projetos analisados pelo ministério, e devem gerar 30 mil empregos, estima o governo. É a primeira contratação feita para essa faixa desde 2014.

A meta é que sejam contratadas 170 mil novas unidades habitacionais para esta faixa do programa ainda em 2017.

Critérios

Também foram anunciados novos critérios para a contratação do programa, que levarão em conta a localização, as condições de infraestrutura e a proximidade dos serviços públicos e centros urbanos, com agências bancárias, pontos de ônibus e lotéricas. 

O governo entendeu que os moradores estão satisfeitos com as casas, mas ainda há dificuldades nesses quesitos. Além disso, os condomínios passarão a ter, no máximo, 500 unidades. Antes, poderiam ter até 2000, o que dificultava na implantação de trabalhos sociais.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.