Chuva em Santa Catarina já afeta 28,8 mil pessoas, diz Defesa Civil

Até o momento, 90 municípios tiveram ocorrências relacionadas ao mau tempo, incluindo estragos em rodovia federais e estaduais, deslizamento de terra e alagamento - o que representa um terço do Estado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/06/2017 09:58

Com duas semanas de temporais, Santa Catarina já relata 28,8 mil pessoas prejudicadas pelas chuvas. Segundo dados da Defesa Civil Estadual, 21.395 estão desalojados e 2.367 foram abrigados em alojamentos improvisados pelo setor público. São 11 municípios que forneceram ginásios e associações para a acomodação de quem teve a residência invadida pela água.

Até o momento, 90 municípios tiveram ocorrências relacionadas ao mau tempo, incluindo estragos em rodovia federais e estaduais, deslizamento de terra e alagamento - o que representa um terço do Estado. A rede estadual cancelou aulas em 38 cidades e em outros 8 municípios algumas unidades foram fechadas. As cidades mais afetadas foram Lages e Rio do Sul. 

A Defesa Civil continua em alerta. Segundo previsão do tempo da Epagri/Ciram, não descarta chuvas fortes e pontuais hoje. A instabilidade deve deixar o estado catarinense amanhã, quando o Sol deve finalmente aparecer.

Rio Grande do Sul


Também a Defesa Civil do Rio Grande do Sul emitiu alerta para todo Estado nesta quarta, pois há a previsão de pancadas intensas de chuva em todo o território. A perspectiva é ruim, já que o número de cidades em situação de emergência por causa dos temporais da última semana continua a subir. Na manhã desta quarta, o número atualizado de municípios com decretos chegou a 56. 

Muitas áreas ainda estão alagadas em 126 municípios atingidos pelas recentes enchentes. Ao todo, 4.502 pessoas estão desalojadas (acomodadas em casas de vizinhos ou parentes) e 1 807 estão desabrigadas (acolhidas em espaços públicos, como escolas e ginásios). A preocupação maior se dá com as cidades banhadas por rios. Diversos pontos do Rio Uruguai, por exemplo, ainda estão acima do nível de alerta, e com a chuva prevista a situação tende a agravar-se.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.