Polícia volta a fazer operação na Cracolândia de São Paulo neste domingo

Assim que perceberam a movimentação policial, muitos usuários de drogas e traficantes se dispersaram

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 11/06/2017 10:27

AFP PHOTO / NELSON ALMEIDA

 

Três semanas depois de uma megaoperação ter prendido traficantes de drogas e espalhado viciados da Cracolândia pelas ruas do centro de São Paulo, a polícia voltou a agir na região. Neste domingo, 11, uma ação conjunta da Polícia Militar e da Prefeitura de São Paulo se concentra desde as 6 horas da manhã na Praça Princesa Isabel, que virou o novo endereço dos dependentes químicos que se concentravam, até o mês passado, no antigo "fluxo", a 500 metros dali.



Policiais militares da Força Tática e do Choque começaram a sitiar a praça por volta das 5h. Assim que perceberam a movimentação policial, muitos usuários de drogas e traficantes da nova Cracolândia começaram a deixar a praça em direção à estação da Luz e ao Elevado João Goulart, o Minhocão, abandonando as inúmeras barracas montadas ao longo de três semanas no novo ponto de venda e consumo de crack.

Viaturas da PM já bloqueavam as avenidas Rio Branco e Duque de Caxias quando o helicóptero de corporação sobrevoou pela primeira vez a região, às 6h24. O barulho soou como mais um alarme de retirada dos acampados e mais viciados deixaram o reduto. Fogueiras que tinham sido acesas durante a noite para ajudar a espantar o frio - a temperatura média na capital esta noite foi de 8,7°C -, foram alimentadas pelos dependentes, e o fogo atingiu barracos e acabou se espalhando. Uma nuvem preta cobriu um cenário de lixo e miséria. A PM acionou o Corpo de Bombeiros e homens do Choque começaram a entrar na Praça.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.