PMDF participa de operação que destruiu mais 500 mil pés de maconha em PE

Após a operação, peritos da PF estimam que os traficantes tenham um prejuízo de R$ 140 milhões

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/06/2017 17:57 / atualizado em 12/06/2017 18:40


 
Homens do Comando de Policiamento Aéreo da Polícia Militar do Distrito Federal (CPAer) participaram de uma operação que culminou com a destruição de mais de 500 mil pés de maconha no estado de Pernambuco. Batizado de Operação Baraúna II, o trabalho comandado pela Polícia Federal foi realizado entre os dias 22 de maio e 10 de junho.
 

A droga era cultivada nas cidades de Salgueiro, Orocó e Petrolina e em algumas ilhas formadas no meio do Rio São Francisco. Todos os pés foram arrancados da terra para, posteriormente, serem incinerados. Após a operação, peritos da PF estimam que os traficantes tenham um prejuízo de R$ 140 milhões.
 
 
 
Além de sete policiais, a PMDF também colaborou com a operação cedendo o helicóptero Fênix 01. Os trabalhos contaram ainda com o apoio do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco e com o uso de um outro helicóptero da PF.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.