Briga em casa de shows termina com dois jovens mortos em Caçapava (SP)

Um rapaz de 26 anos atirou e matou um adolescente de 17 e, quando tentava fugir do local, foi morto por um policial militar que estava de folga

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/06/2017 17:22

Um discussão terminou com dois jovens mortos, na madrugada desta quinta-feira, 15, numa casa de shows, em Caçapava, no interior de São Paulo. Um rapaz de 26 anos atirou e matou um adolescente de 17 e, quando tentava fugir do local, foi morto por um policial militar que estava de folga.

A briga começou por volta das 4h30 na danceteria da casa de shows Estância Nativa, localizada próxima da Via Dutra. Os dois rapazes e outras duas pessoas que estavam com eles foram retirados da pista de dança pelos seguranças. A discussão, por motivos que serão apurados pelas autoridades, continuou na portaria da casa de shows.

O rapaz de 26 anos foi até o carro, no estacionamento e voltou armado com um revólver. Ele apontou a arma para o adolescente e fez vários disparos. O garoto foi atingido no peito e caiu. O atirador apontou a arma para as outras pessoas e tentou fugir pelo estacionamento, mas o policial atirou e o atingiu.

O policial é lotado no Batalhão de Ações Especiais (Baep), mas está de férias. A arma, que não pertence à polícia, foi recolhida para perícia. Um procedimento administrativo vai apurar a ação do policial. Os corpos dos jovens foram levados para o Instituto Médico Legal (IML). 

O rapaz de 26 anos era morador de Taubaté e o adolescente morava no bairro Porto Novo, em Caçapava. As pessoas que estavam na companhia das vítimas foram ouvidas como testemunhas. A Estância Nativa informou em nota que lamenta os episódios e está colaborando com a investigação da polícia.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.