Minas Gerais registra primeira morte por chikungunya no ano

Em 2017, o Estado já soma 22 óbitos com suspeita da doença, mas apenas este foi confirmado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/07/2017 20:16

A primeira morte do ano por chikungunya em Minas Gerais foi confirmada nesta terça-feira (4/7) pela Secretaria de Estado de Saúde. A vítima, um homem de 72 anos de Governador Valadares, tinha diabete e hipertensão. O óbito foi registrado em março.
 

Em 2017, o Estado já soma 22 óbitos com suspeita da doença, mas apenas este foi confirmado. "O mês de março foi o que registrou o maior número de casos prováveis de chikungunya, com 7.747", informou a pasta.

Dos 19 óbitos que ainda estão sendo investigados, 15 foram registrados em Governador Valadares, na região do Vale do Rio Doce.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.