Onze presos fogem após explodir muralha de presídio no Tocantins

As polícias militar e civil iniciaram operação de busca aos fugitivos na região. A casa prisional é uma das maiores do Estado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/11/2017 08:49 / atualizado em 06/11/2017 10:15

Um grupo de detentos usou bombas de dinamite para explodir um muro e fugir da Casa de Prisão Provisória de Palmas, no Tocantis, na noite desse domingo (5/11). Conforme a Polícia Militar (PM), onze homens escaparam e três haviam sido recapturados até o início desta segunda-feira (6/11).


As polícias militar e civil iniciaram operação de busca aos fugitivos na região. A casa prisional é uma das maiores do Estado e uma das duas administradas pela empresa Umanizzare Gestão Prisional e Serviços Ltda.

No início do ano, o Ministério Público denunciou que o presídio tinha lotação de 145%. Quase 700 pessoas eram abrigadas no local, com capacidade para 260.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.