Assalto a empresa de valores tem tiros e carros queimados em Uberaba

Crime ocorreu durante a madrugada. Energia elétrica de Uberaba foi cortada. Polícia mantém cerco para localizar bandidos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/11/2017 08:49

Reprodução/WhatsApp
 
A população de Uberaba, no Triângulo Mineiro, começou a segunda-feira (6/11) assustada com um assalto a uma empresa de valores no Bairro Boa Vista. Segundo as primeiras informações, os criminosos estavam fortemente armados e atiraram várias vezes para intimidar testemunhas. Carros foram queimados para bloquear a passagem da polícia. 

Vídeos que mostram parte da ação se espalharam rapidamente pelas redes sociais, assim como áudios atribuídos a moradores e policiais militares. Os criminosos invadiram a empresa durante a madrugada. Entre as armas usadas por eles estaria um fuzil ou metralhadora calibre ponto 50. "Uberaba" já está entre os assuntos mais comentados no Twitter, aparecendo nos Trending Topics mundiais. 

“Vários indivíduos adentraram a cidade com veículos e estratégias paramilitares, colocação de miguelitos (objetos feitos com pregos) para furar os pneus de viaturas e outros que possam mobilizar tropa. E também a questão das explosões de alguns transformadores para tirar a eletricidade de alguns pontos e consequentemente minar condições de comunicação”, informou major Flávio Santiago, chefe da sala de imprensa da Polícia Militar (PM), sobre o ocorrido. 

Mais de 10 carros foram usados no crime. “Havia um vigilante com um revólver 38 no local. Ficou na guarita, os homens mandando ele não sair e atirando contra a guarita. Eles fizeram cerco também colocando correntes em alguns pontos da cidade para dificultar o tráfego veícular”, afirmou o militar. 

A PM mantém uma operação de cerco e bloqueio para tentar localizar os criminosos. Policiais de pelo menos 30 cidades mineiras estão mobilizados na ação, que conta com o apoio de um helicóptero. A polícia de Delta e outras cidades de São Paulo que fazem divisa com o Triângulo Mineiro também foram acionadas, assim como a Polícia Civil e a Polícia Federal. 

A empresa ainda não divulgou qual foi a quantia em dinheiro levada. 
 
 
 
 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.