Morre a psicanalista Eliane Berger, mulher do ex-ministro Guido Mantega

Ela fazia tratamento contra o câncer e estava internada no Hospital Albert Einstein

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/11/2017 13:43 / atualizado em 12/11/2017 13:46

Morreu neste domingo (12/11), em São Paulo, a psicanalista Eliane Berger, mulher do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega. Ela fazia tratamento contra o câncer e estava internada no Hospital Albert Einstein, na capital paulista. O hospital confirmou a morte de Eliane, mas não forneceu mais informações.

Por meio de nota, a presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann, lamentou a morte de Eliane. "O Partido dos Trabalhadores está solidário com o companheiro Guido Mantega, pela perda, nesta madrugada, de sua querida mulher Eliane Berger. Guido e Eliane suportaram um prolongado sofrimento nos últimos anos, agravado por inaceitáveis manifestações de ódio e perseguição", diz a nota.

Em setembro do ano passado, Mantega foi preso pela Polícia Federal no Hospital Albert Einstein enquanto aguardava por uma cirurgia de sua mulher. No mesmo dia, o juiz Sérgio Moro revogou a prisão justificando que, diante do quadro de saúde da esposa do ex-ministro e como as buscas e apreensões de documentos nos endereços residenciais e comerciais dos investigados já tinham sido feitas, não havia mais necessidade de mantê-lo detido.  

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.