Delegado da Polícia Civil morre durante testes físicos da corporação em MG

O policial Fernando Marins Pinheiro, de 37 anos, fazia esforços físicos, quando passou mal e morreu. Corporação afirma que delegado apresentou atestado médico para fazer testes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/12/2017 09:11 / atualizado em 06/12/2017 09:32

Jair Amaral/EM/D.A.Press

O delegado da Polícia Civil Fernando Marins Pinheiro, de 37 anos, morreu na tarde dessa terça-feira (5/12), quando realizava teste físico em curso na academia da corporação. O policial, que ficou conhecido por sua atuação na 3ª Delegacia de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde investigou e solucionou casos importantes, como a morte de um empresário num condomínio da cidade, estava atuando na Delegacia Especializada de Investigação a Furtos e Roubos de Veículos (DEIFRVA). 

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que Fernando Marins morreu durante um teste físico para participar do Curso de Operações Especiais, promovido pela Academia de Polícia Civil. A corporação afirmou que para estar apto à prova, “foi apresentado pelo delegado e por todos os demais candidatos atestados médicos e exames autorizando-os a serem submetidos ao esforço físico proposto no teste e durante o curso”.

A nota acrescenta que “a chefia da Polícia Civil e todos os seus servidores estão extremamente consternados com essa fatalidade e aproveita a oportunidade para solidarizar-se com a família. A instituição perdeu um excelente profissional, mas seus servidores perderam não só um grande colega de trabalho, mas, também, um amigo”, finalizou.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.