Publicidade

Estado de Minas

Morre policial militar ferido em tiroteio na favela da Rocinha, no Rio

Os confrontos entre criminosos e policiais militares também deixaram cinco feridos, sendo um policial militar e um morador da comunidade


postado em 26/01/2018 07:55

O soldado da Polícia Militar (PM) Tiago Chaves, baleado na tarde dessa quinta-feira (25/1) durante confronto armado na comunidade da Rocinha, na zona sul do Rio de Janeiro, morreu durante a noite. Ele estava internado no Hospital Municipal Miguel Couto e foi o décimo policial militar assassinado neste ano.
 

Os confrontos entre criminosos e policiais militares ontem também deixaram cinco feridos, sendo um policial militar e um morador da comunidade. Três pessoas que, segundo a PM, enfrentaram policiais, ficaram feridas.

O tiroteio começou quando policiais do Comando de Operações Especiais da PM começaram uma operação na Rocinha, logo no início da manhã dessa quinta-feira.

No fim da tarde, algumas pessoas tentaram fechar a Avenida Niemaeyer em frente à entrada do Vidigal, em protesto contra a operação. Os policiais conseguiram evitar o fechamento da via, mas, logo depois, um ônibus foi incendiado próximo ao Hotel Sheraton.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade