Publicidade

Estado de Minas

Rebelião termina com 10 presos mortos em cadeia de município do Ceará

Mortes aconteceram na Cadeia Pública de Itapajé, durante briga entre facções rivais, afirma Secretaria de Justiça. Caso pode ter relação com chacina ocorrida no sábado, em Fortaleza


postado em 29/01/2018 13:02 / atualizado em 29/01/2018 14:17

O sistema penitenciário do Ceará foi palco de barbárie nesta segunda-feira (29/1). Ao menos 10 presos morreram na Cadeia Pública de Itapajé, a cerca de 125km de Fortaleza, durante uma rebelião. A informação foi confirmada ao Correio pela Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus-CE). 
 

De acordo com a Sejus, as mortes são resultado de uma briga entre facções inimigas. "Policiais do município e agentes penitenciários do Grupo de Operações Regionais realizaram a intervenção, controlando a cadeia", acrescentou o órgão, em nota.
 
Ao jornal O Povo, o presidente do Conselho Penitenciário do Estado do Ceará (Copen), Cláudio Justa, afirmou que o conflito na Cadeia Pública tem relação com a chacina que deixou 14 pessoas mortas, na madrugada de sábado (27/1), no bairro de Cajazeiras, na capital do estado.
 

Chacina

 
Considerada a maior chacina já ocorrida no Ceará, o episódio mencionado por Justa aconteceu durante a festa na boate conhecida como Forró do Gago. Homens armados divididos em três carros chegaram ao local e dispararam contra os presentes. Pessoas que estavam do lado de fora da casa de festas também foi atingido.
 
* Estagiário sob supervisão de Humberto Rezende 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade