Adinilson Martins ganha concurso cultural Canta, Brasília

Mais de 70 inscritos participaram da seleção em homenagem a Brasília

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/04/2013 07:00 / atualizado em 19/04/2013 16:49

Verônica Machado

Breno Fortes/CB/D.A Press

Há duas semanas, Blandu Correia, 17 anos, foi assaltado na altura da 704 Norte. Caminhava nas entrequadras quando um homem o ameaçou com uma faca. Celular, dinheiro, casaco e o mais preciso foi levado: a guitarra. Triste, o jovem recebeu do tio R$ 100 e completou com mais R$ 50 para comprar um novo instrumento. Na última quarta-feira, a surpresa foi ainda maior %u2014 e, desta vez, positiva. O pai, Adinilson Martins, recebeu a notícia de que ganhara o concurso cultural Canta, Brasília. O prêmio? Uma guitarra Fender americana no valor de R$ 4,8 mil. O presente, claro, foi direto para o filho.

Adinilson participou da competição em homenagem ao aniversário de Brasília, promovida pelo Correio Braziliense, na qual seria escolhida a melhor canção com o tema da cidade. O gerente de escritório faz parte da Banda Genes Compatibilis, formada há um ano e meio por membros da própria família. Ele na bateria, os filhos Blandu, na guitarra e Nicolas, no contrabaixo, a %u201Cnora%u201D Sara Santos no vocal e até a mulher, Solange, arrisca-se no microfone de vez em quando. Martins viu a reportagem anunciando o concurso e sugeriu que participassem. A empolgação, a partir daquele instante, foi grande. Naquele momento, começaram a pensar, juntos, em uma música para o aniversário da cidade %u2014 três dias depois, a composição ficou pronta.

Sessenta e quatro competidores de todo o país enviaram as músicas de 29 de março a 12 de abril. Nos três dias seguintes,o material foi exposto para a votação popular e o público escolheu os cinco melhores trabalhos. Uma comissão julgadora escolheu, entre essas, a canção vencedora: Brasília, avião do futuro, escrita por Blandu e Sara, com os direitos autorais e patrimoniais de Adinilson. Quando foram avisados sobre a vitória na competição, gritaram, abraçaram-se e planejaram levar a banda adiante.


Além da guitarra, Adinilson ganhou oito horas de gravação em estúdio e veiculação de 30 segundos nos intervalos da rádio Clube FM. A turma está ansiosa para gravar e ver o que as pessoas acham da música. %u201CQuando eu vi o modelo da guitarra, comecei a babar. Ela é demais! Se gravar em casa é bacana, imagine no estúdio? É uma evolução para a banda. Teremos tudo para isso%u201D, diz Blandu. Segundo Adinilson, a intenção é crescer, aprimorar os conhecimentos musicais e fazer apresentações em mais lugares.

O grupo toca em casa por prazer, em algumas escolas e espaços de amigos. Por enquanto, tem duas músicas gravadas de um jeitinho bem caseiro usando o notebook pessoal. %u201CÉ farra e diversão%u201D, diz Sara. Entretanto, eles sabem o quanto a música é importante na família. Adinilson tinha uma banda na década de 1980 chamada Preconceito Social, conhecida como Precon.

O projeto não foi em frente, mas a paixão pela música não acabou. Incentiva os filhos a se aprimorarem e o concurso foi uma oportunidade para empolgar os jovens. %u201CQueríamos valorizar a cidade com o rock, gênero marcante por aqui. Está no sangue, é de família%u201D, comenta Blandu, entre gargalhadas. Eles se inspiraram no período de auge da música do pai e quiseram fazer referência ao estilo de bandas como Capital Inicial.

Concurso
O maestro Claudio Cohen participou da comissão julgadora e disse que a canção vencedora reforça o conceito de que Brasília é a capital do rock. %u201CTem a cara da cidade porque é despretensiosa e faz referência ao ritmo dos anos 1980. Ao mesmo tempo, com tom de modernidade. Traz um balanço com as características da capital e lembra um pouco a banda Plebe Rude%u201D, ressalta.

A comissão que julgou a música da banda Genes Compatibilis foi formada por Cohen, os jornalistas do Correio Severino Francisco, Irlam Rocha e Leonardo Cavalcanti. Eles deram notas de 1 a 10 para cada uma das cinco selecionadas pelo público. Foram considerados os critérios de criatividade, originalidade e adequação da letra ao tema proposto.

Conheça os outros quatro finalistas

Música: Cidade Linda
Duração: 3min e 29s
Participante: banda Rádio Black
Votos: 7.220

Brasília
Duração: 2min 47s
Participante: Jonny Mendes
Votos: 6.914

Brasília Menina
Duração: 3min e 49s
Participante: Wellington Borges
Votos: 6.737

Anfiteatro Nacional
Duração: 3min e 11s
Participante: Wagner da Costa
Votos: 6.122


Brasília, avião do futuro

Brasília
Um avião de concreto que me leva ao futuro
Meu mundo
Cidade da alvorada, sem você fico sem rumo
As vidas
Que se encontram sem destino no centro das curvas
Essa história
Surgiu na companhia de todo esse céu azul
Ruas, avenidas do Planalto Central
Congresso, Catedral do Senado Federal
Pessoas de todos os estados do país
Essa é a capital que você fez e que eu fiz
Vivemos mergulhados nessa grande sociedade
Cidade da esperança, cidade da verdade

Brasília
Um universo paralelo que simula a fantasia
As luzes
Que à noite mostram o brilho das cidades vizinhas
As torres
Que te fazem acreditar estar no topo do mundo
As pontes
Que atravessam o espelho nesse céu do lago azul

Ruas, avenidas do Planalto Central
Congresso, Catedral do Senado Federal
Pessoas de todos os estados do país
Essa é a capital que você fez e que eu fiz
Vivemos mergulhados nessa grande sociedade
Cidade da esperança, cidade da verdade

Letra de Sara Santos e Blandu Correia
Tags: