Mais de 2 mil pessoas se divertem no bloco Maria Vai Casoutras na Asa Norte

A expectativa é dobrar o número de foliões e chegar aos 4 mil

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/01/2016 18:12

Alessandra Azevedo/CB/D.A Press


Cerca de 2 mil pessoas comemoram o início do carnaval no bloco Maria Vai Casoutras, na Praça dos Prazeres, 201 norte. O local, ao lado do Balaio Café, promete receber vários blocos até a quarta-feira de cinzas. O começo da folia foi marcado por um momento especial para os pequenos -- a banda Maria Vai Casoutras, composta apenas de mulheres que se juntaram pelo amor à percussão, separou um repertório de músicas infantis.

O sol animou os foliões, que já somam quatro vezes o número de pessoas esperado pela organização. E apesar da chuva fina que começa a molhar os carnavalescos, é possível ver mais gente descendo da rodoviária em direção ao bloco. "A expectativa é dobrar o número de foliões e chegar aos 4 mil", afirma Juliana Andrade.

Alessandra Azevedo/CB/D.A Press


As amigas Polyana Bezerra, 26 anos, Amanda Silva, 27, Ana Laura Nery, 26, e Tainá Coelho, 24, chegaram no fim de tarde à festa. "Estava vazio, mas foi enchendo e, agora, está bem animado", disse Ana Laura. Elas participam do bloquinho há dois anos. "Se chover muito, atrapalha. Mas do jeito que está, vou ficar até o fim. Só chuviscou, não tem problema", explica.

Alessandra Azevedo/CB/D.A Press


Claro que tem sempre aquele folião que extrapola. Um rapaz foi encontrado por amigos desmaiado durante o bloco. "Chegamos juntos, nos separamos e o encontramos desmaiado. Ligamos para a polícia, SAMU e Bombeiros quando o encontramos", afirma o estudante Jefferson Souza Santos, 19 anos, amigo do vendedor Guilherme Matheus, 20 anos. O socorro chegou rápido e o rapaz foi encaminhado para o hospital. Guilherme não apresentava nenhuma lesão, tinha batimentos e pressão arterial normais. Segundo Daiver Arruda, do SAMU, a razão do desmaio foi, provavelmente, abuso de álcool. "Ele bebeu demais", concorda o amigo Lucas Pires de Oliveira, 19 anos.

Suvaco
Ontem, quem animou o carnaval foi o Suvaco da Asa, que reuniu 50 mil pessoas no Eixo Monumental. A festa começou por volta de 14h, com um público ainda tímido, mas que logo começou a aproveitar as bandas que se apresentaram no local. Por volta das 15h, um dos organizadores pediu ajuda aos céus para que não chovesse, no entanto, não teve jeito. A chuva caiu forte na Funarte e levou boa parte dos foliões para debaixo da marquise, próximo ao Clube do Choro.

Com a chuva, o gramado do Eixo Monumental virou lama, mas nada que impedisse a festa de alguns foliões que aproveitaram para se sujar -- no melhor estilo propaganda de sabão em pó.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.