SIGA O
Correio Braziliense

Confira quais blocos de pré-carnaval estarão nas ruas hoje e os horários

Samba, frevo vão comandar a tarde de folia nas regiões da capital

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 31/01/2016 09:14

Minervino Junior/CB/D.A Press - 30/1/16

Pelo segundo fim de semana consecutivo, as festas de pré-carnaval foram a diversão do brasiliense. Os blocos, dos novos aos tradicionais, reuniram milhares de pessoas em vários pontos do DF nesse sábado (30/1). E a folia não vai parar no domingo (31/1). Confira os principais blocos que vão circular pela cidade:

Falta Pouco
Fundado em 2011 a partir de um grupo de amigos, o bloco promete reunir marchinhas, sambas, maxixes, frevos e maracatu na Asa Norte.
Local: comercial da Quadra 201/202 da Asa Norte
Horário: 14h

Eixão 44
O bloco promete um carnaval limpo e consciente. Com campanha de prevenção às Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) e a crimes de violência sexual, o grupo distribuiu kits aos 500 primeiros foliões, com preservativos.
Local: Eixão Norte, na altura da Quadra 107
Horário: 15h

Cafuçu do Cerrado
Desfilando sempre no Setor Bancário Norte, o bloco contará com orquestras que tocam frevos, marchinhas de carnaval e outras músicas típicas. Além disso, o brega estará presente na festa.
Local: Setor Bancário Norte, Quadra 2
Horarário: 15h

Fio Desencapado
Desfilando pela primeira vez, o bloco, que é a Evolução da Bateria Furiosa, promete tocar apenas sambas-enredo. Serão 80 ritmistas e a estrutura contará com banheiros químicos e apoio da Polícia Militar.
Local: Setor de Oficinas do Sudoeste
Horário: 17h

Bloco Libre
Em seu 3º ano, a programação do bloco conta com os DJs Tamnoá Tambores, o Grupo de Dança Charme em Movimento DF, os blocos Pimenta no Cunha dos Outros e Bloco Todo Carnaval Tem Seu Fim e a Orquestra Fanfarraraônica de Música Libre (interação multicultural entre artistas e músicos).
Local: estacionamento da Funarte, no Eixo Monumental
Horário: 12h
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.