SIGA O
Correio Braziliense

Carnaval também pode ser período de descanso e meditação

Em vez de pular carnaval pelas ruas e baladas de Brasília, muitos escolhem dedicar a data à renovação, tanto física, quanto espiritual

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/02/2016 07:00

Jhonatan Vieira/Esp. CB/D.A Press


Bem longe da agitação do carnaval, há quem prefira aproveitar os dias do feriado para se recolher e renovar as energias. Para muita gente, o período será ocupado por momentos de reflexão e descanso. Em vez de pular carnaval pelas ruas e baladas de Brasília, muitos escolhem dedicar a data à renovação, tanto física, quanto espiritual.

O analista de ciência e tecnologia Fabiano Dorda Guimarães, 35 anos, é um dos organizadores do 20º Retiro de Carnaval da Sociedade Vipassana de Meditação. Fabiano, que participou do encontro pela primeira vez em 2014, acredita que a ocasião é ideal para descansar e recarregar as energias. “Em vez de cansado, ao fimdo retiro, eu me sinto realmente renovado”, diz. A maior parte do retiro, que ocorrerá em Sobradinho, será dedicada à meditação. Todavia, haverá momentos destinados à prática de ioga, palestras e entrevistas individuais ou em grupo, com o instrutor. O detalhe é que o retiro será realizado em silêncio. Com isso, a ideia é que os participantes tenham uma visão aprofundada de si mesmo.

Os interessados podem escolher entre o retiro curto, que ocorre entre 5 e 10 de fevereiro, e o longo, programado para acabar quatro dias depois, em 14 de fevereiro. É recomendável que os participantes tenham alguma noção sobre meditação e, talvez por isso, a média de idade dos participantes costuma variar entre 25 e 40 anos. Os valores da parcela única variam entre R$ 680 e R$ 1.050. Fabiano, que conta ter sido frequentador assíduo de blocos e festas de carnaval, afirma que a opção pela fuga da bagunça é acertada. “A nossa ideia é que as pessoas consigam fazer mudanças do ponto de vista interior. Temos uma vida muito atribulada, ligada à correria do mundo externo, e essa é uma oportunidade para que possamos entrar em contato com nós mesmos”, garante.

Quem também está em busca de um carnaval sem batuques e trios elétricos é a servidora pública Gabriela Assunção, 27 anos. Nascida em uma família cristã, ela vai participar do Congresso Freedom, organizado pela Igreja Batista Filadélfia, em Taguatinga. Com dias dedicados à oração, o evento deve receber 3 mil pessoas e terá ênfase no público jovem. “Para mim, faz todo o sentido passar o carnaval no congresso. É uma forma de amar a Deus de todo o coração, como pede a Bíblia. Lá, vou ter descanso e paz”, afirma.

O encontro tem como tema a plenitude e conta com a presença de pastores e personalidades do mundo gospel. Para o pastor Daniel Veloso, 23 anos, um dos pregadores escalados para o congresso, aproveitar o feriado prolongado para se dedicar à espiritualidade é uma maneira de começar o ano bem. “É uma questão de propósito e todas as pessoas que deixam de fazer qualquer coisa para se dedicar a um novo nível espiritual, acreditam em um propósito”, considera.

Hospedagem local
Já para aqueles que pretendem passar a semana de carnaval simplesmente repousando, mas não pretendem sair da cidade, também existem boas opções. Em Brasília, grande parte dos hotéis prepararam pacotes com preços especiais para quem não quer curtir a folia da capital. Um deles anunciou descontos especiais para o período de 5 a 10 de fevereiro. Em um período típico, os pacotes oferecidos seriam cerca de 60% mais caros.

 

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.