SIGA O
Correio Braziliense

Cambistas cobram até dez vezes mais por ingresso no entorno da Sapucaí

Um cambista explicou à reportagem que os ingressos mais caros são os de segunda-feira, em que a procura é maior. Está sendo vendido a R$ 100 o bilhete para o setor popular

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/02/2016 21:24

Valéria del Cueto/Divulgação
Quem deixou para a última hora a compra do ingresso para assistir aos desfiles das escolas do Grupo Especial do Rio está encontrando bilhetes a até dez vezes o preço estabelecido pela Liga das Escolas de Samba. Dejanane Ribeiro Oliveira, de 42 anos, que vai desfilar na Beija Flor, procurava ingresso para a filha Manuela Flor, de 7, que recebeu o nome em homenagem à escola de Nilópolis. "Ela não viria. Os planos mudaram na última hora. Nossos amigos compraram ingressos a R$ 10 para o setor popular. Mas agora estão oferecendo a R$ 70 e R$ 80", reclamou. Ela tentava negociar para baixar o valor, sem sucesso. "No ano passado, pagamos R$ 20". Um cambista explicou à reportagem que os ingressos mais caros são os de segunda-feira, em que a procura é maior. Está sendo vendido a R$ 100 o bilhete para o setor popular. Outro vendedor reclamou, no entanto. "Esse ano as pessoas estão pechinchando mais e comprando menos". A família de Joana D'Arc Minervino formou um grupo de 15 pessoas para assistir aos desfiles da Grande Rio. Dois estavam sem ingressos. "Queriam me cobrar R$ 80 por cada um. Eu falei que não era turista, não. Acabei pagando R$ 50 nos dois".
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.