Publicidade

Estado de Minas

PMDF faz teste do bafômetro em motoristas de trios elétricos

Ação tem como objetivo impedir acidentes de trânsito durante os blocos de Carnaval


postado em 10/02/2018 15:22 / atualizado em 10/02/2018 15:32

Todos os motoristas estavam aptos para dirigir(foto: PMDF/Divulgação )
Todos os motoristas estavam aptos para dirigir (foto: PMDF/Divulgação )
A Polícia Militar do Distrito Federal fez teste de alcoolemia nos motoristas dos trios do bloco do Galinho de Brasília. A ação tem como objetivo impedir acidentes durante o Carnaval de Brasília. Todos os motoristas estavam aptos para dirigir. 

As mudanças na Lei Seca aprovadas em 20 de dezembro de 2017 ainda não são vigentes no Carnaval. Se o teste do etilômetro acusar de 0,05 mg/l até 0,33 mg/l, o condutor não chega a ser preso, mas terá de pagar multa no valor de R$ 2.934,70 e responder a processo administrativo para suspensão do direito de dirigir pelo período de 12 meses. 

Se o etilômetro marcar a partir de 0,34 miligramas de álcool por litros de sangue, além de multado e de ter a Carteira Nacional de Habitação (CNH) suspensa por um ano, o motorista é preso e responde pelo crime de embriaguez ao volante, cuja pena varia de seis meses a três anos de reclusão. 

Segurança 


A corporação divulgou um vídeo com orientações para a folia. A expectativa é que 2 milhões de pessoas saiam às ruas do DF durante os quatro dias de festa. 5500 militares atuaram apenas na segurança do Carnaval, sem prejudicar o policiamento das demais áreas da capital. 

Veja o vídeo: 
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade