cidades df

POLÊMICA » Sudoeste protesta contra festas nos estacionamentos do Parque da Cidade

Luiz Calcagno

Publicação: 05/11/2009 08:05 Atualização: 05/11/2009 08:43

Festas no estacionamento 4 do Parque da Cidade, na altura do Centro Hípico, têm tirado o sono de moradores das Quadras 100, 101, 102 e 103 do Sudoeste. Sem organização aparente, os encontros são realizados nos fins de semana, com carros de som ligados no volume máximo e bebida alcoólica. Segundo moradores, muitas vezes a algazarra começa por volta das 23h de quinta-feira e vai até domingo. Vidros de janela chegam a tremer com a altura dos ruídos. Para lidar com o problema, moradores se organizaram e fizeram um abaixo-assinado, que conta com mais de 150 assinaturas, para exigir uma iniciativa de autoridades. A administração do parque foi procurada, bem como a de Brasília e o 1º Batalhão da Polícia Militar, mas nada aconteceu.
Moradora de prédio em frente ao parque, Édina chega a dormir na sala para amenizar a barulheira  (Paulo de Araújo/CB/D.A Press )
Moradora de prédio em frente ao parque, Édina chega a dormir na sala para amenizar a barulheira


A advogada Nathalia Waldow, 25 anos, moradora do Bloco H da SQSW 102, é uma dos responsáveis pelo abaixo-assinado. Ela conta que tem gravações de áudio em celular de festa às 5h da manhã. E, no fim de semana prolongado pelo Dia de Finados, não foi diferente. “Fiquei aborrecidíssima. Entrei em contato com o 1º Batalhão na noite de domingo para segunda e um sargento me disse que se tratava de som ambiente e que minhas reclamações não tinham pertinência”, lamenta.

Empenho
Nathalia ressalta que a Administração do Sudoeste está empenhada em solucionar o problema, mas acredita, no entanto, que o maior responsável pelo problema é o administrador do parque, Rivaldo Sérgio Carvalho, a quem chama de conivente. “Eles não acionam a polícia e a própria fiscalização deles não faz nada. O administrador chegou a dizer em entrevista a um canal de tevê que não sabia do problema, quando moradores já tinham mandado até carta para ele”, alega

Um morador que chegou a filmar e fotografar festas para enviar como provas às autoridades tem medo de aparecer. Segundo ele, com a desativação do bar Barulho, que ficava próximo ao Carrera Kart, a clientela teria migrado para o estacionamento 4. Para o denunciante, os encontros, que já foram recorrentes no ano de 2007, também servem como pontos de uso de drogas. “Já presenciei, inclusive, crianças de colo e até bebês nesses ambientes. Em março, expus a situação à Administração de Brasília e ao comandante do 1º Batalhão. Não recebi nenhum telefonema como resposta”, protesta. “Imagino o tipo de pessoa que frequenta essas festas no estacionamento. Tenho nome, endereço e família e não quero me expor a pessoas de índole desconhecida. Não sei qual será a reação delas quando essas festas acabarem de vez”, completa.

[SAIBAMAIS]Dentre as soluções pensadas pelos moradores estão até mesmo o fechamento do parque, que a maioria concorda ser uma questão polêmica. Outra ideia seria fechar apenas os estacionamentos, da meia-noite às 5h, para que não houvesse como estacionar os carros para os encontros. As festas não têm alvará. A dona de casa Édina de Freitas, 54 anos, acha que fechar os estacionamentos pode ser uma boa solução. “Algumas vezes, essas pessoas não perdoam nem a segunda-feira”, reclama. O apartamento de Édina fica de frente para o estacionamento. Ela conta que, dependendo do dia, dorme na sala ou em outro quarto para amenizar a intensidade do barulho.


» Local pode ser fechado

No fim de semana prolongado pelo Dia de Finados, a algazarra e a bagunça marcaram presença novamente, mesmo com as administrações e a Polícia Militar cientes do fato. O administrador do Sudoeste, Nilo Cerqueira, explica que tomou a frente do problema, mesmo com o Parque da Cidade fora de sua jurisdição. A administração se reuniu ontem com o secretário de Estado da Ordem Pública e Social , Roberto Giffoni. “Estamos tratando esse assunto com o conselho comunitário de segurança. A ideia de fechar os estacionamentos é boa. É preciso uma grande operação para coibir essas reuniões e, em seguida, realizar uma manutenção para garantir que elas não retornem ao parque”, disse Giffoni.

Procurada pelo Correio, a administradora de Brasília, Ivelise Longhi, limitou-se a dizer que os estacionamentos do Parque da Cidade são públicos e de livre acesso. Ainda segundo ela, as equipes de fiscalização do local, popularmente conhecidas como joaninhas, não têm poder de polícia e cuidam apenas do patrimônio. “Quando eles flagram festas, não podem agir. Quando o barulho é muito alto ou há algum perigo, eles entram em contato com o posto policial do parque, já que é a Polícia Militar que tem que intervir”, afirmou. Ainda segundo a administradora, assim como as pessoas se reúnem no estacionamento do parque, poderiam se reunir em uma área residencial.

Abordagem
O coronel Alberto Pinto explicou à reportagem que a Polícia Militar aborda quem realiza festas no estacionamento do Parque da Cidade e as notifica quando há necessidade. “Mas precisamos que o reclamante acompanhe a PM até a Delegacia de Polícia da região para resolver a questão. Temos um posto no parque que atua com viaturas, motocicleta e policiais descaracterizados”, garantiu.

O secretário Roberto Giffone se mostrou ciente do problema. “Já montamos uma ação com a PM para impedir que esses eventos se repitam. Se não adiantar, teremos que analisar outras alternativas. Por enquanto, não queremos impedir o acesso. Primeiro, é preciso orientar que o tipo de atitude está incomodando pessoas. A questão de fechar os estacionamentos terá que ser vista com a Administração de Brasília e os moradores do Sudoeste”, concluiu.

» O QUE DIZ A LEI
A Lei Distrital nº 4.092/08 considera poluição sonora qualquer emissão de ruído que possa ser nocivo à saúde, ao bem-estar e à coletividade. Além disso, a regulamentação limita os níveis de intensidade do som para cada área da cidade e define que estabelecimentos com nível de pressão sonora acima de 80 decibéis avisem a clientes sobre danos à saúde. Dentre outras coisas, a lei proíbe carros de som em áreas residenciais ou escolares e exige o isolamento acústico para casas noturnas. A multa para quem desrespeita a norma varia de R$ 3 mil a R$ 20 mil. A pessoa notificada ainda pode ser presa por crime de desobediência caso insista em manter o som acima de um nível aceitado para sua região.

Esta matéria tem: (107) comentários

Autor: Juvenal Moreira
Sr. Johnnyfer, esse falso moralismo da forma como preconizado pelo Sr. é que afunda o desenvolvimento íntegro do nosso país. Louros a quem merece e punição a quem desobedece! Tenho dito! | Denuncie |

Autor: Juvenal Moreira
Sr. Johnnyfer, anti-social é aquele que atormenta a tranquilidade e o sono, durante as madrugadas, daqueles que produzem para esse nosso Brasil crescer e se desenvolver, e sustentar esses sanguessugas do assistencialismo governamental. Bolsa-família, bolsa-uísque, bolsa-camisinha etc. Tenho dito! | Denuncie |

Autor: Juvenal Moreira
Sr. Johnnyfer, com esse nome o Sr. deve ser um estrangeiro. Então, sugiro que coloque seu rabinho entre as pernas e dê o fora! Tenho dito! | Denuncie |

Autor: Johnnyfer Herbert
Juvenal, reaveja seus conceitos meu caro, nao é porque os moradores do sudoeste tenhan um certo poder aquisitivo, que isso venha influenciar na vida dos frequentadores do estacionamento 04.Ter um ap caro no Sudo nao significa que voce esteja enquadrado a sociedade,sua atitude e de um anti social | Denuncie |

Autor: Lohanne Cassíla
Se todos ali se divertem até amanhacer ,não quer dizer que são vagabundos,Pois muitos ali são trabalhadores e jovens, que mesmo com as responsabilidades não deixam de se divertir , não importa o lugar o que importa e saber viver a vida.Não concordo com o fechamento do estacionamento. | Denuncie |

Autor: Francisco Silva
Investir em isolamento acústico para permitir a macacada desocupada encher a cara e ficar pulando na madrugada. Fala sério. Vai estudar e trabalhar. Assim, você também vai ter um apt legal um dia. | Denuncie |

Autor: Francisco Silva
E tem os recalcados financeiros sugerindo que os moradores invistam em isolamento acústico. Agora já se viu, os moradores e suas famílias é que teriam de investir em isolamento acústico e, por sua vez, se fechar dentro de casa, afinal, pra funcionar, tais janelas tem de ficar totalmente fechadas. | Denuncie |

Autor: Francisco Silva
Não querer festa tocada a sons de carros nas proximidades de sua residência NÃO é querer silêncio total. Segundo a reportagem, o problema é de MAGRUGADA. | Denuncie |

Autor: Cesar Lauxen
Querem derrubar os muros dos condomínios para dar acesso aos lugares privados que seriam supostamente públicos. Querem fechar o parque da cidade que é público para evitar o acesso em função do interesse privado de uns gatos pingados. Contradição total. Eita povo maluco! | Denuncie |

Autor: Thania Priscila Bonifacio
a hora do dia, é ponto de venda de droga e de prostituição. Sem falar no estacionamento da suruba lá do lado do pavilhão de Exposições. Nem te conto o que eu já vi lá! | Denuncie |

Autor: Thania Priscila Bonifacio
Thiago, nao frequentei nao, meu bem, mas eu ja passei na frente algumas vezes. E aliás, não é de notie não, de dia lá rola muito disso tbm, eu vou ao parque todo final de semana, ja vi gente transando do lado do parquinho das crianças inclusive. E só pateta não sabe que aquele parque, não importa | Denuncie |

Autor: Hugo Olveira
Pessoal do SUDOESTE reclama de barriga cheia, tem um otimo parque a poucos metros de casa e fica procurando probleminha, se tem condições de morar num apartamento de no minino 300.000 reais, tem condições de botar janelas anti-ruído neles. quer silencio absoluto? Vá morar na roça, talvez nem lá ache. | Denuncie |

Autor: João Gonçalves
O meu direito termina quando começa o do outro. Barulho é uma coisa insuportável, mexe com os nervos, principalmente a noite. A propósito: "EU NÃO SUPORTO MAIS ESTAS CIGARRAS!!!!!!!!" | Denuncie |

Autor: RICARDO ARDENGHI
Alguém falando sério por aqui finalmente. É isso aí Cesar Lauxen... Concordo contigo... dei uma zoada antes, massss... | Denuncie |

Autor: Francisco Silva
"Se" houvesse o mínimo bom senso, muitas, muitas coisas mesmo estariam diferentes não só em Brasília como no restante do país. Regra geral, o que falta mesmo é punição exemplar. | Denuncie |

Autor: Francisco Silva
Em Brasília muita coisa é proibida pq no Brasil as massas são muito ignorantes, independente da classe socio-economica. Quando se lida com ignorantes, não há de se esperar bom senso, infelizmente. | Denuncie |

Autor: Francisco Silva
Bruno Santos e Cesar Lauxen, seus argumentos são, em geral, inteligentes e sensatos. Mas, infelizmente, também em geral, o povo brasileiro NÃO costuma ter bom senso, e gosta mesmo é de uma desobediência civil, haja visto o dizer ridículo "os incomodados que se retirem". | Denuncie |

Autor: Bruno Santos
Som em volume excessivo no meio da madrugada é falta de bom senso. Mas também é falta de bom senso é querer silêncio absoluto dentro de uma cidade grande. Direito de ir, vir e permanecer, todos tem. A polícia pode mandar abaixar o som, mas não pode retirar as pessoas de lá a força... | Denuncie |

Autor: julio souza
Eita cidade sem lei... defendem bebados no transito, perturbação da ordem com som alto e festas... experimentem fazer festas iguais às do parque em Curitiba ou qq outra cidade civilizada... é cadeia na hora... vão dormir... | Denuncie |

Autor: Miguel Filho
Os moradores do Sudoeste não donos do Parque da Cidade, onde não há residências. Querem transformar Brasília numa cidade de mortos-vivos, de silêncio sepulcral. | Denuncie |

Autor: Cesar Lauxen
3º - Não é possível que se feche uma via de acesso como a do parque. Trânsito ali é até necessário. 4º - O fechamento trará risco de segurança ao próprio Sudoeste, pois a falta de movimentação pode torná-lo um refúgio para mendigos e criminosos. Se hj não há policiamento, haverá menos ainda. | Denuncie |

Autor: Cesar Lauxen
1º - Coloquem placas que alertem sobre a lei do silêncio e a proximidade dos vizinho. Talvez haja quem não perceba e também serve de sobreaviso. 2º - Façam fiscalização quanto ao excesso de ruído, sem inibir o direito de quem ali está reunido. | Denuncie |

Autor: Samir Bouzas
Os nobres moradores do sudoeste esqueceram que eles compraram foram os apartamentos daquele setor e não o parque. O Parque já existe quando nem se imaginavam em fazer o próprio bairro! Prestem atenção, o parque é público! Vocês compraram foi o apartamento e não o PLANO PILOTO ok? | Denuncie |

Autor: gilmar pereira costa
O park e publico, mas todos querem ser donos , sera que o sudoeste que ser dono do park da cidade | Denuncie |

Autor: Juvenal Moreira
Se quem está produzindo não obedece à solicitação da polícia para baixar o volume do som, então está caracterizado o crime de desobediência. Assim, é só encanar o salafrário. | Denuncie |

Autor: Juvenal Moreira
Aviso aos festeiros: a lei será aplicada e a cambada de desocupados deverá migrar para outros lugares. Caso contrário a polícia vai baixar o sarrafo. Afinal, quem manda nesse país é quem tem dinheiro. E os moradores do Sudoeste tem. E tem de sobra. KKKK | Denuncie |

Autor: Juvenal Moreira
Para conhecimento dos ignorantes. Os blocos do Sudoeste distam apenas 280 metros do estacionamento nr. 4, local das zonas e durante a madrugada a propação do som é facilitada pela ausência do som ambiente. Sr. Samir, ótima idéia. Assim a gente já enterra os desocupados que ali permanecem à noite. | Denuncie |

Autor: Cesar Lauxen
São necessarias atitudes sérias e eficazes do governo e não só proibição de tudo. Queria, por exemplo, que terminassem com o barulho do caminhão de frutas na Asa Norte ou com a Igreja ao lado de casa, mas já liguei pro 156 e administração da Asa Norte e nada acontece! | Denuncie |

Autor: Cesar Lauxen
Havendo drogas e prostituição, tanto ali como em qualquer lugar, sabemos que é em grande parte financiada pela parcela de classe média-alta da sociedade. Grande parte dela moradora dos arredores do Parque. E se não for ali estará em outros lugares. De nada adianta fechar o parque. Tem que fiscalizar. | Denuncie |

Autor: Kathrise Souza
ter que aguentar o barulho... e inclusive pagam mais barato por esse motivo! | Denuncie |

Autor: Cesar Lauxen
Continuando, seria interessante que as pessoas julgassem melhor o que falam pois nunca vi tantos palavrões e preconceitos dignos de cadeia como nestes depoimentos. RESPEITO!!! Respeito de ambas as partes. | Denuncie |

Autor: Kathrise Souza
"Dentre outras coisas, a lei proíbe carros de som em áreas residenciais ..." Desde quando o parque da cidade é área residencial? Quando alguem compra um AP na beira do parque já sabe da existência dessas festas... assim como uma pessoa que aceita morar numa kit em cima de bar sabe que vai (cont) | Denuncie |

Autor: Cesar Lauxen
Gente, basta fiscalizar, policiar e todos se respeitarem. Não participo de tais festas mas acho ridículo a forma como tudo em BSB é proibido, por incompetência e falta de respeito. Logo teremos toque de recolher e chip implantado no corpo. A reunião de pessoas era crime na ditadura. Hoje não é mais. | Denuncie |

Autor: Carlos Paiva
Boa ideia Samir... | Denuncie |

Autor: Adailton José Nunes
Inevitavelmente Brasília esta se tornando uma desocupação desordenada não apenas de festeiros e drogados assim como essa sociedade aristocrata e burguesa rica de seus princípios e valores anti-sociais e arcaicos; gostam de atribuir este contexto da raiz problemática | Denuncie |

Autor: Flávia costa
Toda sexta-feira o barzinho Pirraça q fica na altura do bloco I da sqsw 101 também faz muito barulho | Denuncie |

Autor: abel almeida
Participo do sofrimento dessas pessoas referente a som alto, tenho um bar em frente da minha residência, lá fica carro com som alto até altas horas da madrugada, já procurei a PM , mas a medida é sempre paleativa, sofremos muito para a alegria de poucos. | Denuncie |

Autor: Francisco Silva
Ricardo Santoro, vá se informar melhor. Parque da Cidade nos Setor de Diversões. Cidade mal planejada. Só rindo mesmo, pra não chorar. | Denuncie |

Autor: Francisco Silva
Taí, coloquem este povo pra festar lá no autódromo também. Tirem do meio da cidade, de perto das residências. Coloca este povo desocupado lá no autódromo também. | Denuncie |

Autor: Carlos
Pior que ouvir música de madrugada é, pra quem mora em cidade satélite, ter que acordar cedo no final de semana, por causa dos carros de som da Star Móveis fazendo propaganda de liquidação de sofá. | Denuncie |

Autor: Francisco Silva
Uma das melhores coisas que aconteceram em Brasília nos últimos anos foi acabarem com a tal da "micarêcandanga". Essa atitude reacende a esperança da nossa capital manter a paz e a qualidade de vida que sempre teve. | Denuncie |

Autor: RIcardo Santoro
O Parque da Cidade não se localiza numa área de Brasília chamada Setor de Diversões??? Eta, cidade mal planejada... | Denuncie |

Autor: RICARDO ARDENGHI
Desviando o assunto total esseziho ai q diz "saidinhas" e "coleguinhas"... deves bem frequentar outro estacionamento né... escola ne pensar... bom, voltando ao assunto: Festeiros de plantão É FESTA NO PARQUE DA CIDADE!!! Total apoio, não existe melhor espaço em Brasília. | Denuncie |

Autor: Francisco Vieira
BRASÍLIA PRECISA DE UMA ÁREA PARA BOATES ! toada citade tem pelo menos uma boate. Brasília só tem bar e uma microboate de quinta a sexta!!! | Denuncie |

Autor: Samir Bouzas
E outra.. O consumo de droga como diz esse elemento ai tem em todo o lugar, se ele tiver filho.. É bom começar a prestar bastante atenção com saidinhas dele com coleguinhas.. é do mato que se menos espera que se sai coelho! | Denuncie |

Autor: Samir Bouzas
Gente, isso é um absurdo, o parque está a um km de distâncias dos prédios e os outros vem encher o saco. Essas festas no parque sempre existiram, mesmo quando os aptos estavam ainda em planta! | Denuncie |

Autor: Samir Bouzas
Tive uma brilhante ideia.. Vamos pedir ao Gov. Arruda para que ele faça a mudança do parque. Coloque o parque lá para taugatinga ou ceilândia.. Ai sim, os nobres moradores do sudoeste não se sentirão mais encomodado. onde está atual parque, fazemos a expansão do Campo da Esperança nele todo.. | Denuncie |

Autor: Juvenal Moreira
Então está combinado. Neste "findi" teremos uma "RAVEreunião" lá na casa dos ARDENGUI, com tudo que temos direito. e assim poderemos dormir em paz. | Denuncie |

Autor: RICARDO ARDENGHI
Engraçado... No quarto da Dona Édina escuta-se um mega barulho vindo do parque, mas na sala não!!! Será q a Senhora sabe realmente de onde vem o barrulho??? Já pensaste em dar um pulo lá, tomar uma e dar uma chacoalhada no esqueleto??? Pode tb ser a solução hein... | Denuncie |

Autor: RICARDO ARDENGHI
O som realmente não me atrapalha em nada, nem pelo parque eu passo e muito menos frequento essas festas. | Denuncie |

Autor: Francisco Silva
Não tem cabimento defender festa, guiada por sons automotivos, de MADRUGADA, num estacionamento, seja onde for, regada a seja lá o que for. Até quem está defendendo sabe que está errado. É egoísmo puro e simples. | Denuncie |

Autor: Patricia
Realmente o som que vem das festas realizadas no Parque da Cidade é insuportável, moro nas 700 e não se tem sossego quando se tem estas festas, imagino o pessoal do Sudoeste!?!E sem contar do perigo que é para quem mora por perto, uma vez fui na Praça das Fontes pela manhã e estava cheio de seringas. | Denuncie |

Autor: Francisco Silva
Lei do Silêncio = Lei nº 3.688 - "Lei das Contravenções Penais" - art. 42-III . Não moro no Sudoeste, mas, sou solidário com os moradores. Qualquer pessoa que "trabalha" durante o dia merece justo repouso durante a noite. Não importa a classe sócio-economica. | Denuncie |

Autor: Juvenal Moreira
Rafael Gordinho, a Lei do Silêncio existe, mas não se aplica a tais eventos tendo em vista que são realizadas por particulares e não por estabelecimentos. Existe a Lei de Contravenções Penais (art 42, Lei Federal nr. 3.688) que trata de tais abusos. Ela é simples e direta: cana para os vagabas. | Denuncie |

Autor: Juvenal Moreira
De quinta à noite até a madrugada de domingo, de 22h às 5h da matina. Vão trabalhar meu povo!!! | Denuncie |

Autor: Carlos Paiva
Rafael, falou tudo, inclusive o que ia dizer para esse Célio....kkkkkkk | Denuncie |

Autor: Juvenal Moreira
Prezados festeiros, os moradores do Sudoeste só querem sossego. Há outros locais em que essas festividades podem ser desenvolvidas sem qualquer prejuízo ao descanso alheio. Vocês já experirmentaram o espaço Floresta, na Galeria dos Estados. É coberto (protege da chuva) e não atrapalhará ninguém. | Denuncie |

Autor: Thiago Cardoso
Thania, Acho que vc poderia medir suas palavras! Já frequentou a tal festa do parque da cidade??Como pode afirmar que lá só tem PUTA e DROGADO?? Cuidado!!! Todos os estacionamentos do parque acabam incomodando alguém, como alguns disseram, basta ter bom-senso! | Denuncie |

Autor: Carlos Paiva
Thania, acho que vc não gostou do meu comentário a respeito dos "Incomodados", mas acho tb que vc entendeu no que me referi, seu exemplo não tem nada a ver... | Denuncie |

Autor: gilvan silva
LEGAL PESSOAL. CONTINUEM FAZENDO SUAS FESTAS LA NO PARQUE. LONGE DA MINHA CASA. DIVIRTAM-SE, MAS CUIDADO DROGAS MATAM A VOCÊ SUA FAMÍLIA E A DOS OUTROS INOCENTES. | Denuncie |

Autor: Helga
O som é alto na Asa Sul também. É difícil mas tem de ser resolvido. Se fechar lá os festeiros acharão outro lugar pra se divertir, contanto que seja longe de casas/moradias. Porque não é no ouvido DELES que está o barulho, né? Muito conveniente. Fechar o parque não, só os estacionamentos já ajuda. | Denuncie |

Autor: Lalisa Froeder
"Respeitem a função social da propriedade!"??? Função social agora virou juntar gente para se drogar e perturbar os outros??? Pq os frequentadores, que aparentemente não precisam trabalhar, não se mudam para o mato e passam o dia todo bebendo, fumando e estourando os ouvidos? | Denuncie |

Autor: Everaldo Silva
Celio para de falar mal das pessoas que o senhor ném conhece. Vai fazer um pouco de sexo, drogas e rock em roll. kkkk.... | Denuncie |

Autor: Lalisa Froeder
O seu Gilson realmente não deve ser burguês... pode passar a noite de 5ª perturbando os outros que trabalham no dia seguinte, que pagam impostos e que não podem nem escolher o que querem ouvir no final de semana. É sempre um show horrível de axé ou eletrônico. | Denuncie |

Autor: Lalisa Froeder
E eu aposto que quem é a favor das festas não tem filhos pequenos, não tem que acordar cedo, não precisa trabalhar pra ganhar a vida. Não só dá para ouvir o som como dá para ouvir muito longe, nas quadras 300. É um total desrespeito, assim como os shows sem proteção acústica. | Denuncie |

Autor: gilson sousa
Aposto que a diversão de povo Burguês é no Exterior( claro vocês podem), mais a nossa diversão é aqui, no nosso amado parque da cidade de Brasília...E deixa o som rolar, hoje a noite eu to lá....rsssss | Denuncie |

Autor: gilson sousa
Esses patícios e essas dondócas reclamam demais,voces pelo fator de serem previlegiados financeiramente acham que podem mandar em tudo, se vocês podessem acho que já tinham privatizado o parque! Felizmente ele é público (do povo). Eita cambada de gente rica chata... | Denuncie |

Autor: Rafael Godinho
NÃO EXISTE LEI DO SILÊNCIO. Desafio qualquer um a postar o número de tal lei, ela não existe. O que deve existir é bom-senso. Viva as festas! Célio, sexo drogas e rock ñ roll? Talvez vc precise um pouco disso. | Denuncie |

Autor: gilson sousa
Que tal fazer um parque no subsolo do parque só para rolar som automotivo? | Denuncie |

Autor: Leonardo
ATENÇÃO:1- o pavilhão do parque, onde tem shows, causa o mesmo problema do barulho. 2- alguns estacionamentos do parque que servem para encontro de pedófilos-homossexuais são passagem de muitos alunos de escolas que ficam em volta do parque e a qualquer hora do dia se vê a "bagunça". | Denuncie |

Autor: Juvenal Moreira
Na verdade, o EXCESSO de ruído que causa dano a outrem, a qualquer hora do dia, especialmente em zona residencial, constitui ABUSO DO DIREITO e, portanto, ATO ILÍCITO (Lei nº 3.688 - "Lei das Contravenções Penais" - art. 42-III). Lei é para ser cumprida. Quem não cumpre: CANA! | Denuncie |

Autor: Juvenal Moreira
O problema reclamado pelos moradores é durante o período noturno. Realmente, durante o dia as festas são bem-vindas. Entretanto, na parte da noite e de madrugada não é concebível. | Denuncie |

Autor: Juvenal Moreira
O Administrador do Parque sabe de tudo e nada faz. É um pamonha! | Denuncie |

Autor: Gláucia Gomes
Acho que deve haver uma ação conjunta entre a Secretário da Ordem Publica, Policia Militar e Detran para coibir esses caras com os carros equipados com aparelhagens de som extremamente potentes que faltam quebrar vidraças como consta na reportagem. | Denuncie |

Autor: Gláucia Gomes
Este é um assunto realmente polêmico, pois fere o direito dos outros e nos faz refletir sobre onde começa e acaba o nosso e o de outras pessoas (direito de se divertir e curtir a vida?? Mas e o cidadão que quer descansar e tem seu direito subtraído bem na porta de sua casa??) | Denuncie |

Autor: Gláucia Gomes
Este problema ocorre ñ só no Sudoeste. É importante saber se providencias serão tomadas para as demais áreas, como Samambaia. Ou será que vai resolver apenas para a classe média alta????? Meu IPTU está quitado, tmb sou eleitora e passo pelo mesmo problema. E então autoridades??????? | Denuncie |

Autor: celio
Absurdo, esses vagabundos não trabalham? Aposto que rola droga sexo e rock. Cadê as autoridades. Vão fazer barulho no inferno. Lá é lugar de gente que não presta, não respeita o direito dos outros. | Denuncie |

Autor: Fillipe Coutinho Costa
Já pensaram em participar das festas também? | Denuncie |

Autor: Thania Priscila Bonifacio
na galera lá, o que vão achar de bêbado e drogado ali não tá no Gibi, meus caros. E só mais uma coisa, tomem cuidado com certos comentários do tipo "os incomodados que se retirem", porque esse mesmo argumento pode ser usado contra vocês mesmos quando forem reclamar do governo do país em que vivem... | Denuncie |

Autor: Thania Priscila Bonifacio
Não sei se vocês conhecem o parque da cidade mas, aparentemente, onde a festa acontece, é possível sim ouvir a algazarra do outro lado da pista. Mas não se preocupem não, tem um jeito mais fácil de acabar com a festa, basta fazer blitzen na via do Parque da cidade e levar uns PMs pra fazer bacú | Denuncie |

Autor: Juvenal Moreira
Lei é lei e deve ser cumprida. No final sempre vence a lei. É uma questão de tempo. | Denuncie |

Autor: Juvenal Moreira
O Secretário de Ordem Pública já avisou que colocará uma Van de prontidão no Parque. Então, vamos ver se conseguem enxotar essa cambada de desocupados. | Denuncie |

Autor: Juvenal Moreira
Gostaria de ver as notificações emitidas pela PM nestas festas, conforme disse o nobre Coronel. Certamente, a PM não encontrará nenhuma para mostrar à comunidade. | Denuncie |

Autor: look
Concordo com a galera que quer zoação. Já não temos diversão nesta cidade, e nada melhor do que fazer uma festa na porta da casa dos outros até 4 da manhã, ir para casa que por sinal fica bem longe dali, deitar a cabeça no traveseiro sem nenhum barulho e ninguém para atrapalhar o sono merecido | Denuncie |

Autor: look
Concordo com a galera que quer zoação. Já não temos diversão nesta cidade, e nada melhor do que fazer uma festa na porta da casa dos outros até 4 da manhã, ir para casa que por sinal fica bem longe dali, deitar a cabeça no traveseiro sem nenhum barulho e ninguém para atrapalhar o sono merecido | Denuncie |

Autor: Juvenal Moreira
Importante ressaltar aos comentaristas desta matéria que o som dos veículos incomodam os moradores do Sudoeste no período noturno e da madrugada e não durante o dia. Que isso fique bem claro para que as pessoas possam opiniar com propriedade. | Denuncie |

Autor: Francisco Silva
Lei é Lei, e vale em qualquer local, na "roça" ou cidade gente. Não moro no Sudoeste mas, sinto muito pelos festeiros, pois 4 ou 5h da manhã não é hora de fazer qualquer barulho que seja. Além do mais, quem quer dar festa é que tem que arranjar local fechado, preparado e autorizado. | Denuncie |

Autor: Jota Jr
A reportagem narra a reclamação; como não examinou o fato em si (repórter no local), impossível divisar sem o som é ou não posto em altura "excessiva" (acima da necessária para que alguém se divirta sem incomodar outrem); em centro urbano não se pode viver como em monastério...nem em rave perpétua. | Denuncie |

Autor: Marcio Rocha
É isso aí. Nao quer barulho, vai pro mato! | Denuncie |

Autor: Thania Priscila Bonifacio
Carlos, cuidado com essa de "Os incomodados que se retirem", porque você não vai ter razão para reclamar do governo, por exemplo, senão vão mandar você "se retirar" do país. Agora, falando francamente, essas festas no parque só atraem gente barar pesada viu? | Denuncie |

Autor: Wendel Silva
Só com 150 assinaturas não irão mudar absolutamente nada, isso não reflete nem a população de um prédio, pouca gente demais para gerar alguma mudança.. se brincar os festeiros do parque conseguirão no mínimo 2.000 assinaturas para manter as festas... | Denuncie |

Autor: Bruno Santos
A lei do silêncio vale. Mas a lei do BOM SENSO supera tudas as leis... | Denuncie |

Autor: Carlos Paiva
Era só o que faltava o Parque não vai mais se chamar Parque, porque não pode ter diversão, acho que o Sudoeste foi feito no lugar errado o Parque está ali a anos, o velho ditado os incomodados que se retirem, quando compraram seus Ap ali já sabiam da existência do Parque e das festas, vão pra roça. | Denuncie |

Autor: Saulo
A Policia Militar quando recebe este tipo de denuncia, realmente solicita ao reclamante acompanhá-los até uma delegacia, mas quem denuncia fica exposto aos infratores; quem infringe uma Lei deve ser punido independente de registro em delegacia. A Lei do Silencio não está valendo? | Denuncie |

Autor: Elisandra Silva
Lei do silêncio, isso não vale para o entorno ou cidades satélites de Brasília, agora o parque é público, não tendo vandalismo pq proibir, as construções cada dia avança para dentro das reservas e ai os parques é que tem de fechar por conta dos incomodados...ah, esses que se retirem... | Denuncie |

Autor: Daniel
Que vejam isso com muita calma, pois o estacionamento 10 tem área específica para eventos e se generalizarem fecham a cidade toda pra qualquer tipo de festa. Que a polícia mande arruaceiro abaixar som de carro, pra que isso não aconteça. | Denuncie |

Autor: Bruno Santos
Ideal é fechar o parque após determinado horário. O problema é que muitas pessoas seriam prejudicadas e poucas beneficiadas. Agora, aqui prá nós! Tem gente que quer morar em metrópole e ter a PAZ de morar no meio do MATO! O vizinho dá um espirro e já reclama. Vamos mudar pro meio do mato gente! | Denuncie |

Autor: Gleidson Lima
É impressionante? Essa advogada quer aparecer! Já passei em frente ao estacionamento 4 várias vezes e vejo a movimentação de jovens escutando som alto, bebendo, etc , mas dizer que incomoda lá do outro lado da rua é d ! | Denuncie |

Autor: Juvenal Moreira
O Coronel Alberto Pinto foi também infeliz nas suas colocações. Tente ligar para o 190 e ver se os policiais aparecem. O nr. 190 está falido (e até eles, os policiais, sabem disso). Lamentável uma autoridade de tão alta patente dizer que a PM aborda e notifica os festeiros. Pura mentira! | Denuncie |

Autor: Juvenal Moreira
A pegunta da enquete está formulada de forma equivocada, pois as festas que atormentam a tranquilidade dos moradores ocorrem no período noturno e da madrugada e isso deveria constar na pergunta. Da forma como a pergunta foi colocada pode levar os leitores a uma interpretação e votação equivocada. | Denuncie |

Autor: Renner Augusto Mascarenhas
Ridículo isso. Querem os bônus oferecidos por um parque (natureza, ar puro, espaço de exercícios) mas não quer lidar com o ônus de suportar o uso que a sociedade faz do local? Muito folgados! Que adequem suas casas com equipamentos de isolamento acústico! Respeitem a função social da propriedade! | Denuncie |

Autor: Leonardo Oliveira
o duro é esse negócio de ter que ir com a PM até uma delegacia pra prestar a queixa antes de limar o cara que tá fazendo barulho. Na minha rua tem um infeliz que fica com carro de som ligado pra rua inteira até 4h da manhã e atrapalha minha filha a dormir. | Denuncie |

Autor: Juvenal Moreira
O que atrapalha o sono dos moradores do Sudoeste é o som (músicas) oriundo dos carros em volumes exorbitantes. Se forem capazes de se reunirem civilizadamente não haverá problemas. | Denuncie |

Autor: Juvenal Moreira
Ora, se há desobediência, não há motivo para exigir a presença da vítima na delegacia. Desobedeceu à ordem policial: prenda-se! | Denuncie |

Autor: Juvenal Moreira
A Administradora de Brasília foi muito infeliz nas suas palavras. Na verdade, ela é quem deveria tomar as providências cabíveis que já são de conhecimento daquela Administração desde FEV/2007. | Denuncie |

Autor: look
Tudo que eles querem, depois da noite de zoação e pertubação, é ir para casa, que por sinal fica bem longe dali, recostar a cabeça no travesseiro e ter um resto de noite tranquila sem barulho e perturbações ... | Denuncie |

Autor: angélica pedrosa
5h da manhã? Bando de vagabundos! Meu povo, vai trabalhar!!!!! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.

PUBLICIDADE


  • Últimas notícias
  • Mais acessadas