publicidade

DESAPARECIDOS DE LUZIÂNIA

Pedreiro confessa a morte dos seis jovens. Dois corpos são encontrados pela polícia

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 10/04/2010 21:12 / atualizado em 12/04/2010 15:15

Luiz Calcagno

A Polícia Civil de Goiás prendeu neste sábado (10/4), um pedreiro que teria confessado o assassinato dos seis jovens desaparecidos em Luziânia. Admar de Jesus, de 40 anos, levou os investigadores a uma área de mata e apontou onde estavam os corpos de duas das seis vítimas. A busca pelos restos mortais dos outros adolescentes terá início na manhã deste domingo (11/4), com o auxilio de um helicóptero cedido pela Polícia Federal.

Além de Admar, — condenado em Brasília por crimes sexuais contra menores —, mais quatro homens foram detidos nesse sábado sob a suspeita de participação nos crimes. A Polícia Federal, que apoia a Polícia Civil de Goiás nas investigações, efetuou três prisões em Brasília. Os policiais goianos, mais uma. Todos foram encaminhados para a 5ª Delegacia Regional de Luziânia (Centro), onde passariam a noite prestando depoimento. Com a irmã de Admar, foi apreendido um celular pertencente a um dos garotos sumidos.

Admar foi preso no Parque Estrela Dalva 4, onde mora. Dois dos seis adolescentes desaparecidos também viviam no mesmo bairro: Diego Alves Rodrigues, 13 anos, o primeiro desaparecido, e Márcio Luiz de Souza Lopes, 19. O local também fica perto do bairro Parque Estrela Dalva 8, onde outra vítima — George Rabelo dos Santos, 17 — morava. Os demais garotos que sumiram são Fábio Augusto dos Santos, 14 anos, Divino Luiz Lopes da Silva, 16, e Paulo Victor Vieira de Azevedo Lima, 16. Todos eles moram em algum setor do Parque Estrela Dalva, um extenso bairro de classe média baixa de Luziânia. Na noite deste sábado, bicicletas que seriam dos garotos foram encaminhadas à delegacia. Elas teriam sido encontradas com os suspeitos detidos.

 

 

  • Leia mais na edição impressa do Correio Braziliense deste domingo, 11/3

publicidade

publicidade