publicidade

TRÂNSITO

Pelo menos três pessoas morreram em acidentes durante o feriadão

Balanço do feriado prolongado de Corpus Christi contabiliza ainda 13 feridos em vias urbanas e rodovias do Distrito Federal

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 07/06/2010 08:00

>> Noelle Oliveira
>> Ariadne Sakkis
>> Flávia Duarte
>> Luiz Calcagno

Janine Moraes/Esp. CB/D.A Press
O feriado de Corpus Christi foi marcado por pelo menos três mortes e 13 feridos em vias urbanas e rodovias do Distrito Federal. Na quinta-feira, o motociclista Claudiomiro Soledade da Silva, 33 anos, morreu após chocar-se contra a traseira de um caminhão de lixo. No sábado, a vítima foi Bruno Araújo Maciel, 28, que bateu o carro em um poste na altura da quadra 405, em Samambaia Norte. Ele estava sozinho no momento do acidente. Também no mesmo dia, uma colisão entre um carro e um caminhão matou o sargento do Corpo de Bombeiros Josivan Oliveira Ramos, 34.

Josivan levava outros quatro passageiros. O acidente foi na BR-251, 15km após o Programa de Assentamento Dirigido do Distrito Federal (PAD-DF). Marta Passos Xavier, 32, e Ricardo Ferreira da Silva, 32, foram levados em estado grave para o Hospital de Base do DF. De acordo com o Corpo de Bombeiros, Vagner Alves da Silva, 24, e Rosineide Matos Martins, 24, foram encaminhados para o Hospital Regional do Paranoá. Já no acidente de Samambaia, segundo agentes da 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia Norte), a curva onde Bruno morreu é considerada perigosa. Como não há testemunhas, somente a perícia vai apontar as causas da batida.

A colisão da moto de Claudiomiro contra o caminhão de lixo, por sua vez, ocorreu no km 14,4 da BR-020, entre Sobradinho e Planaltina, sentido Brasília, por volta de 1h. Ele morreu no local. De acordo com informações do Posto da Polícia Rodoviária Federal, o homem pode ter se distraído vendo alguns carros parados no acostamento e, então, colidiu com o caminhão. O acidente é investigado pela 13ª Delegacia de Polícia de Sobradinho.

Feridos
Na manhã de ontem, dois carros se chocaram na BR-040, em Valparaíso. O operador de máquinas Amador José Borges, 53, dirigia um Uno não emplacado no sentido Luziânia, quando sinalizou para pegar um retorno. O Gol que vinha logo atrás, placa JFN 0994-DF, conduzido por Ronaldo Jesus Silva, 24, não conseguiu reduzir a velocidade e acabou batendo na traseira do outro carro. Das cinco pessoas que estavam no Uno — entre elas, duas crianças —, apenas Marleide Guedes, 25, que estava no banco de trás do veículo, foi encaminhada para o Hospital Regional de Santa Maria queixando-se de dores nas costas, mas sem gravidade. “Estava chovendo e o vidro, embaçado, não conseguia ver e bati na traseira dele. O asfalto estava que nem sabão”, afirmou Ronaldo.

Ainda no domingo, um Corsa placa JFF 3911-DF capotou na Estrada Parque Taguatinga, sentido Plano Piloto, na altura do Setor de Indústrias e Abastecimento (SIA). O motorista, Renato Dias Oliveira, 21, foi encaminhado para o Hospital de Base com ferimentos leves. O acidente ocorreu poucos metros depois de um trecho da via em obras. Na BR-020, o Palio Weekend placa GXU 4620-DF saiu da pista e capotou, já próximo à Formosa. A Polícia Rodoviária Federal acredita que o motorista, Leontino Joaquim Almeida Filho, 80 anos, estava em alta velocidade. Ele foi encaminhado em estado grave para o Hospital Regional de Formosa.

Próximo ao balão do Gama, o churrasqueiro Edivaldo Ramos de Souza (idade não informada) ficou ferido após perder o controle e capotar a Kombi placa JEN 4671-DF. O acidente ocorreu por volta das 16h, no Km 4 da DF-480. De acordo com a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros precisou cerrar parte da frente do carro para retirar a vítima. Ele estava instável, mas consciente, e foi levado para o Hospital Regional do Gama. Edivaldo contou para a polícia que o veículo travou uma das rodas quando ele freou, o que fez o carro deslizar e tombar após bater na guia.

Na GO-10, km 123, próximo ao município de Luziânia, dois veículos com placa de Brasília que voltavam de Caldas Novas para o Distrito Federal também capotaram. O 5º Batalhão de Bombeiros Militar de Luziânia socorreu quatro vítimas — duas crianças e dois adultos —, que foram levadas para o Hospital Regional de Luziânia com ferimentos leves. No início da tarde de sábado, uma mulher foi atropelada por um ônibus em Taguatinga. O atropelamento foi na pista entre o Taguatinga Shopping e o supermercado Extra. Dalva Marques de Sousa, 76 anos, foi levada para o Hospital Regional de Taguatinga (HRT) com suspeita de fratura na perna esquerda e liberada em seguida.

O gerente de fiscalização do Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF), Silvain Fonseca, disse que, além dos acidentes, o número autuações foi alto. Segundo Fonseca, mais de 70 veículos foram apreendidos pelo Detran. “Tivemos muitas autuações: 42 por bafômetro, 21 por falta de habilitação e mais de 70 veículos apreendidos. O número ainda cresce, pois as blitzes vão até as 4h de segunda-feira (hoje).”

publicidade

publicidade