cidades df

Criança de dois anos morre afogada em escola na Asa Sul

Helena Mader

Juliana Boechat

Publicação: 09/02/2011 07:50 Atualização:

Uma criança de dois anos morreu afogada ontem, em uma escola particular da Asa Sul. O acidente aconteceu durante uma aula de natação no Colégio Dromos, na Quadra 609. Daniela Camargo Casali, que completaria três anos em julho, estava em uma piscina rasa, na companhia de dois professores e de cerca de 10 crianças. Por volta das 14h30, ela se separou do grupo e escapou para a piscina maior e mais profunda, que fica ao lado, separada por um portão. Um dos funcionários percebeu a ausência da menina quando ela já havia se afogado. Daniela foi levada ao Hospital Santa Lúcia, na Asa Sul, mas não resistiu.

Tão logo tomaram conhecimento do acidente, os professores chamaram o Corpo de Bombeiros, mas, antes mesmo da chegada do socorro, levaram a vítima à unidade de atendimento em um carro da própria escola. Ela chegou ao hospital com quadro de parada respiratória. Dois médicos tentaram reanimar a criança durante 20 minutos, mas não conseguiram salvá-la. Os pais foram avisados sobre a tragédia e seguiram diretamente para o Santa Lúcia, onde receberam apoio de psicólogos. Representantes da escola também foram ao hospital para conversar com a família.

Ontem foi o segundo dia de aula de Daniela Casali no colégio. No ano passado, ela frequentou outra escola da cidade. De acordo com depoimento de funcionários, havia dois professores acompanhando as crianças, além de três assistentes. Nenhum soube explicar como a menina se afogou. A piscina rasa é separada da segunda, de maior profundidade, por uma grade. Entre elas, há um portão. Ninguém viu como Daniela passou de uma área para outra e os responsáveis não souberam dizer à polícia se a passagem estava aberta ou se a garota passou através das grades. A Polícia Civil vai investigar o caso para saber o que aconteceu no momento do acidente.

Filha única
Daniela Camargo Casali era filha única de um casal de servidores públicos. Alexandre Tavares Casali, 42 anos, é militar e Luciana Camargo Casali, 40, trabalha na representação do estado de Santa Catarina na capital. A família mora na SQS 209. Os pais estavam inconformados com a morte da menina e não quiseram conversar com a imprensa. Segundo familiares, a mãe tentou engravidar durante 15 anos antes de dar à luz a garota.

O militar Cláudio Casali, tio da vítima, conta que os pais sonhavam com a filha antes mesmo da chegada dela. “Minha cunhada fez umas cinco inseminações artificiais. Quando a Daniela nasceu, foi uma alegria só. Ela chegou na mesma época em que a minha mãe morreu, então trouxe alegria à família. Estamos todos inconformados com essa tragédia”, disse Cláudio.

Segundo o tio, Daniela era apaixonada por natação e já fazia aulas antes de ser matriculada no Colégio Dromos. “Estou muito impressionado com tudo o que aconteceu porque, na véspera, conversei com meu irmão e com a minha cunhada sobre isso, discutimos sobre a segurança das aulas nas piscinas, se seria necessário usar uma boia ou não. A Daniela adorava água”, relembra Cláudio Casali. A vítima cursava o jardim de infância e o curso de natação faz parte da grade regular do colégio.

A família está revoltada. “Como é que uma criança se afoga na frente de vários professores e ninguém faz nada?”, questiona o tio da menina. “É preciso fazer uma investigação séria porque certamente faltou supervisão durante a aula de natação. Estamos muito indignados e exigimos providências”, finaliza Cláudio Casali. No fim da tarde de ontem, ele foi ao Colégio Dromos para ver o local onde a sobrinha se afogou. A família prevê para hoje a realização de um velório na capela do Hospital das Forças Armadas. O corpo da menina deve ser cremado amanhã.
Tags: celular

Esta matéria tem: (19) comentários

Autor: Alvair Junior
Que Deus conforte essa família... mas por que Deus, na sua "infinita bondade" permite tão cruel sofrimento a esses pais que tanto amaram essa criança? Realmente, alguns mistérios são "insondáveis"... | Denuncie |

Autor: Lilian Pessoa
Sofrimento dos funcionários e professores??? Quanta hipocrisia! Eles podem voltar pra casa e abraçar os filhos, o casal Casali não! Excelente escola onde 5 adultos cuidam de 10 crianças e uma morre afogada, e tem gente pra chamar de fatalidade! Porque não foi com o SEU filho! Absurdo! | Denuncie |

Autor: Fernanda Fernandes
(continuação) cuidado muito bem do meu amado filho. O Dromos é um excelente colégio e infelizmente ficará marcado por essa tragédia! Tenho certeza do sofrimento dos funcionários da escola, dos professores, da Prof Amábile e mais ainda da dor dos pais! Que Deus os conforte. | Denuncie |

Autor: Fernanda Fernandes
É lamentável o que ocorreu! Negligência ou fatalidade? Deixemos o julgamento p/ quem é competente. O momento é de reflexão, p/ q outras tragédias como esta ñ se repitam. Minha solidariedade aos professores que são cuidadosos e atenciosos c/ meu filho, e a Prof. Amábile, q é competente e tem cuidado m | Denuncie |

Autor: Ana Alves
A notícia da morte dessa criança deixa todos arrasados.É doloroso imaginar o sofrimento desses pais..Mas acredito que é fundamental que as autoridades fiscalizem melhor as escolas particulares,visitei várias e observei espaço físico inadequado,poucos profissionais,etc... | Denuncie |

Autor: wana brasil
FALTA DE RESPONSABILIDADE, FALTA DE TUDO DESTA ESCOLA DESTES PROFESSORES, SE TIVESSE FILHO NESTA ESCOLA NUNCA MAIS ENTRARIAM ALI. VAI EM PAZ DANIELA, ALEXANDRE E LUCIANA QUE VCS CONSIGAM FORÇA NESTA HORA TERRIVEL. | Denuncie |

Autor: CLEUSA PORTELA
Continuando,lamento profundamente por esses professores,pois devem estar sofrendo muito,só que infelizmente a fatalidade aconteceu. À família pedirei a DEUS que lhes dê o conforto e a esses profissionais que lhes dêem força pra enfrentarem a investigação policial devida.Que o culpado seja punido!!!! | Denuncie |

Autor: CLEUSA PORTELA
Sou professora de matemática da rede pública.O aluno enquanto estiver sob as dependências da escola(neste caso academia)a responsabilidade de qualquer coisa que aconteça com o mesmo,penso eu,ser unicamente desta escola em questão.Faltou obviamente,cuidado,zelo e responsabilidade desses professores. | Denuncie |

Autor: Ana Rosa
Os mistérios de Deus são insondáveis e às vezes não conseguimos entender tamanha tragédia, principalmente com um ser tão indefeso, tão amado e caro. Que Jesus Cristo, através de Seu Espírito Santo, possa consolar os corações dessa família nesta hora. Só Ele pode aliviar tamanha dor. Meus sentimentos. | Denuncie |

Autor: rob goqos
Isto infelizmente foi uma terrível fatalidade. Meus filhos estudaram neste colégio. Eu confio plenamente em todos os profissionais que ali atuam. A Sra. Amábile é uma pessoa extremamente responsável e íntegra, só contrata pessoas qualificadas para o serviço e sempre investe em treinamento destes. | Denuncie |

Autor: Miriam lisboa
Aqueles que amamos nunca morrem, apenas partem antes de nós%u201D. Que Deus na sua infinita bondade, conforte os vossos corações. | Denuncie |

Autor: Raquel Reis
Irresponsáveis, mil vezes irresponsáveis!!!! Que Deus olhe por nossas crianças indefesas e inocentes enquanto alguns adultos os negligênciam. LAMENTÁVEL | Denuncie |

Autor: Pedro Nunes
Nas reportagens anteriores informaram que haviam 12 profissionais participando da aula de natação, agora estão informando que haviam 5. Afinal, eram 12 ou 5? Com tantas contradições fica difícil entender o que realmente aconteceu. | Denuncie |

Autor: VALÉRIA MESQUITA
Haviam 02 professores, 03 assistentes, e uma criança morta. Lamentável. Que a justiça seja feita. | Denuncie |

Autor: Ana Silva
Como permitem que uma criança de apenas 2 anos faça aula de natação desacompanhada do responsável? Várias academias exigem a participação de um responsável dentro da piscina para crianças nesta idade. Uma verdadeira tragédia. Que Deus conforte grandiosamente esta família. | Denuncie |

Autor: Hélder Borges
Lamentável o ocorrido. Meus filhos estudaram no Dromos quando pequenos e se lembram dos bons momentos que passaram ali até hoje, são pessoas que trabalham sério e com dedicação para que nossos filhos tenham o melhor. Só posso realmente lamentar o que aconteceu com essa menina. | Denuncie |

Autor: Jose de Castorp
Que tragédia. Antes de qualquer resultado de investigação, sabe-se que cirança é criança. Não importa se havia grade e etc e tal. Criança é pra se estar de olho. Onde estavam esses "assistentes"? Com certeza estavam na planilha de custo das aulas...!!! | Denuncie |

Autor: Edna Rocha
Tarde de ontem, Sta Lucia, presenciei desespero do professor que levou Daniela, embora ja' sem vida, pra emergencia do hospital. O olhar perdido e ansioso por noticias dos medicos que tentavam reanima-la. A minha solidariedade ao pais. Sirva de alerta: Criancas sao joias preciosas. Atencao sempre | Denuncie |

Autor: Eduardo Farias
Imagino a dor que esses pais e familiares estão sentido, meu DEUS que coisa triste, horrível demais. Uma criança amada e tão esperada, que DEUS possa dá forças e conforto para os familiares porque é muito triste é algo sem palavras. Que a justiça apure e se houver culpados que sejam punidos. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Compartilhe
| Mais

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.


  • Últimas notícias
  • Mais acessadas