publicidade

Operação Arraias prende nove pessoas de quadrilha que furtava carros no DF

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 13/06/2011 12:48 / atualizado em 13/06/2011 13:24

A Operação Arraias da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos da Polícia Civil prendeu, na manhã desta segunda-feira (13/6), nove pessoas de uma quadrilha especializada em roubo e furto de veículos. O grupo praticava os crimes em Taguatinga, Gama, Plano Piloto e Cidade Estrutural. De acordo com o delegado-chefe da DRFV, Moisés Martins, uma décima pessoa também foi presa durante a operação. "Ele não fazia parte da quadrilha. Mas era um foragido da Justiça", explica.

A quadrilha estava sendo investigada há oito meses pela DRFV em apoio com do Departamento de Polícia Especializada, da Divisão de Operações Especiais e da Divisão de Comunicações da Polícia Civil. Segundo Moisés, o grupo furtava e roubava os veículos no Distrito Federal e depois encaminhava para o Entorno - Novo Gama e Valparaíso -, onde os carros eram desmanchados para venda em oficinas e ferros-velhos, adulterados para comercialização, inclusive na Bahia e em Tocantins.

A operação teve início às 6h desta segunda e os policiais procuraram os suspeitos em Ceilândia, Taguatinga, Vicente Pires, Cidade Estrutural, Santa Maria, Gama, Valparaíso de Goiás, Novo Gama e em Barreiras na Bahia. Foram expedidos dez mandados de prisão preventiva e 28 mandados de busca e apreensão pelo juiz da 3ª Vara Criminal de Taguatinga.


Prisões

A polícia prendeu nove pessoas da quadrilha: o líder Riduzino Alan Oliveira Borges, 33 anos, Elso Antônio da Silva mais conhecido como Paraguai, 45, Farley Barbosa da Silva conhecido como Mineiro, 32, e Francisco de Assis Silva mais conhecido como Marcelo, 33. Os quatro eram responsáveis pelo furto e receptação dos veículos. Patrício Alves de Siqueira, 29, e Valdimar de Sousa Ferreira vulgo Carequinha, ambos eram considerados o braço armado da quadrilha e também participavam dos roubos; Adenailson Rosa Barreto conhecido como Liro, 44, morador de Barreira, fazia a receptação interestadual; Eliomar Gomes de Almeida, 48, e Rogério Moreno dos Santos, 25, que também integravam a quadrilha. Já a décima pessoa presa é Rafael Gonçalves Viana, 25, morador de Ceilândia. Ele estava foragido da Justiça.

Além das prisões, os policiais apreenderam com os envolvidos 15 carros, armas de fogo, entre elas, espingarda, revólveres e pistolas, material para adulteração de chassi, documento de identidade e veículos, placas, celulares, aparelhos de som automotivos, computadores e ferramentas.

De acordo com o delegado-chefe Moisés, os acusados da quadrilha vão responder por formação de quadrilha ou bando, furto, roubo, receptação, receptação qualificada, adulteração de sinais identificadores de veículos automotores, falsificação de documento público, uso de documento falsificado, posse e porte de arma de fogo.

publicidade

Tags:

publicidade