Polícia desarticula quadrilha de traficantes que atuava em Vicente Pires

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 27/07/2011 17:55 / atualizado em 27/07/2011 18:15

Gabriel de Sá/Esp. CB/D.A Press

Após três meses de investigação, agentes da 38ª Delegacia de Polícia prenderam sete pessoas acusadas de integrar uma quadrilha de traficantes em Vicente Pires. O grupo foi preso durante a manhã desta quarta-feira (27/7). Segundo o delegado-chefe Cícero Monteriro, outras quatro pessoas do mesmo bando já haviam sido presas, além de um adolescente apreendido. A polícia apresentou 10 acusados nesta manhã. Além do adolescente, que foi encaminhado à Delegacia da Criança e do Adolescente II (DCA II), um outro homem está preso no estado de Goiás.

O grupo é acusado de traficar, principalemte, cocaína. A origem da droga ainda é desconhecida. Segundo o delegado, a quadrilha está quase toda atrás das grades.“Havia a possibilidade de um confronto armado entre traficantes rivais de Vicente Pires. Com essas prisões, pelo menos por agora, a cidade ficará mais tranquila”, afimrou o titular.

As investigações começaram com o líder da quadrilha, Divinaldo Devesa de França, o Vino, 31 anos, considerado um dos principais traficantes da região. No último dia 17, Vino foi assassinado quando chegava a um depósito de bebidas na Colônia Agrícola Samambaia. A polícia desconfia que ele tenha sido morto por um traficante de um outro grupo, que já havia sido vítima de uma tentativa de homicídio por parte do grupo de Vino.

Os acusados Carlos Eduardo Gomes Miranda, 23, conhecido como “Pão de Queijo” e braço direito de Vino, Rafael Ferreira Vargas, 22, Karina da Silva Pereira, 22, Maria da Soledade Dias, 35, Luzaneide de Sousa França, 22, Marineis Devesa de França, 30, Wanderlei Lima de Almeida, 43, foram presos em casa nesta manhã, na Colônia Agrícola Samambaia, na Expansão do setor de mansões de Taguatinga e em Ponte Alta, no Gama. Duas das mulheres são irmãs de Vino e uma outra seria a companheira.

Batizada de "Paris", devido ao sobrenome de Vino, a operação apreendeu com “Pão de Queijo” aproximadamente 500g de cocaína pura, conhecida como “escama de peixe”, uma balança de precisão e R$ 6 mil em espécie. Todos os acusados responderão pelos crimes de tráfico de drogas (5 a 15 anos) e associação para o tráfico (3 a 10).

Prisões anteriores

No dia 14 de junho, a polícia prendeu Júlio Cesar Carvalho Amaral, 21, conhecido como “Motoqueiro Fantasma”, e Willian Gomes da Silva, 19, e apreendeu o adolescente. Júlio seria fugitivo da cadeia de Alexânia e já foi condenado por tráfico e porte ilegal de arma, além de ser investigado por homicídios na cidade goiana. Willian e o menor são investigados por um homicídio em Vicente Pires. No último dia 15, Rubens Martins da Silva, 19, e Jhone da Silva Araujo, 20 - ambos foragidos da última fuga da cadeia de Alexânia - foram presos em flagrante por tráfico e associação na 38ª.

Com informações do AquiDF

publicidade

Tags:

publicidade