publicidade

Laudo sobre acidente de ônibus que matou três pessoas sai em 60 dias

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 20/08/2011 17:43

Thalita Lins

Segundo o delegado de plantão da 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho), Aramis Mantovani, o laudo pericial sobre o acidente que envolveu um ônibus, um carro e uma moto na noite desta sexta-feira (19/8), em Sobradinho, deve ficar pronto em 60 dias. A batida resultou na morte de três pessoas.

 

Três testemunhas já foram ouvidas — o motorista, o cobrador e um passageiro do ônibus da empresa Rápido Brasília, placa JJZ-8618. De acordo com o motorista do coletivo, Wilson Augusto da Costa, após ouvir um barulho, ele teria perdido a direção do veículo que passou para a outra pista e atingiu a moto, o pedestre e o Corsa, placa JGU-5189, na sequência.

A polícia ainda não sabe dizer quem seria o pedestre morto. Segundo testemunhas, ele estaria na calçada, sem documentos. Tudo leva a crer que se trate de um morador de rua, que chegou a ser socorrido ao HRS, mas não resistiu. O ocupante da moto, Erudá Barreira de Souza Filho, 21 anos, morreu na hora, assim como a esposa de Marlon, a a professora Cristiane Mulim Venceslau, 34.

De acordo com o gerente de tráfego do Grupo Amaral, Wilson Tavares, o ônibus passou por revisão. O coletivo, que tem 11 anos de uso, fazia a linha 512.1, Rodoviária de Sobradinho, W3 Norte - W3-Sul. Havia quatro passageiros.

 

Ferido

Passa bem o homem de 38 anos que ficou ferido . De acordo com familiares, Marlon Pereira Silva fraturou o fêmur e está internado no Hospital Regional de Sobradinho (HRS) a espera de uma cirurgia. O estado de saúde dele é estável.

publicidade

publicidade