cidades df

Carros adquiridos a partir de janeiro ficam isentos de IPVA no primeiro ano

Publicação: 02/01/2012 16:42 Atualização: 02/01/2012 20:27

A partir desta segunda-feira (2/12), os veículos novos comprados no Distrito Federal estarão isentos do Imposto de Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) no primeiro ano de uso. O benefício também vale para locadoras de veículos que emplacam a frota no DF. O projeto de lei foi aprovado pela Câmara Legislativa do DF em 13 de dezembro. O objetivo é reduzir a fuga de demanda dos compradores, que preferem adquirir os carros em estados vizinhos, que já possuíam a isenção do imposto.

De acordo com a lei, o novo usuário fica isento do primeiro ano de IPVA. Nos três anos seguintes, a alíquota cobrada será de 3,5% sobre o valor do carro, 0,5% a mais do que o padrão. A partir do quarto ano da compra do veículo, o IPVA volta ao valor original de 3% do valor em tabela.

Comprando o carro em outros estados, o morador do DF causa prejuízos não só às concessionárias, mas também à receita distrital, de acordo com o vice-presidente do Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos Autorizados do Distrito Federal (SINCODIV/DF), Hélio Aveiro. "Quando o comprador adquire e emplaca o carro em outro estado, os valores arrecadados com IPVA e ICMS vão para este estado", explica.

O Imposto de Circulação de Mercadorias de Serviço (ICMS) repassa 5% do preço calculado pela tabela de venda ao estado onde o veículo foi adquirido. O IPVA é repassado na íntegra - 3% do valor do carro - para o estado de compra. "Um veículo comprado a R$ 100 mil, então, renderia, em um ano, cerca de R$ 8 mil de impostos arrecadados somente ao estado onde foi realizada a compra", exemplifica o vice-presidente.

Saturamento
Em relação ao aumento da já significativa frota de carros do DF - são 1.233.000 carros para um total de 2.469.489 habitantes -, Aveiro explica que a medida não deve saturar as vias. "Com o IPVA Zero pretendemos recuperar os clientes que compram e emplacam carros em outro estado para rodar dentro do DF", explica. "A diferença agora será apenas que estes carros serão comprados aqui", completa.
Tags: celular

Esta matéria tem: (6) comentários

Autor: Carlos Pinho
AGORA QUE TER CARRO NÃO VAI MAIS PRESTAR. MAIS ENGARRAFAMENTOS, MAIS ACIDENTES, MAIS MORTES NAS VIAS, MAIS POLUIÇÃO. O HOMEM ESTÁ SE ENTERRANDO EM "CARROS", COMENDO "CARROS", DEFECANDO CARROS... | Denuncie |

Autor: Eduardo costa
Interessane o governo dizer que este tipo de pratica leva,a prejuizos ao DF.Estou cansado de ver caminhoes,onibus e até carros que prestam serviços ao GDF,com placas de outro estado,sao carros de locadoras ou de empresas situadas em outro estado que ganaha licitaçoes em brasilia.Isso sim causa preju | Denuncie |

Autor: mauro oliveira
Em Brasilia vc começa a comprar um carro por x, e depois vc paga dois xs, comento isso porque, comecei a pegar um cross fox usado por 700 e pocos reais, quando fui pegar, sobrou pra eu pagar emplacamento e a prestaçao foi pra 877,08, vendedores pilantras. | Denuncie |

Autor: GLEISTON
Prefiro pagar o valor do IPVA no ano em que comprei o carro do que pagar 3,5% em 3 anos seguidos. Se você quiser vender o carro nesses 3 anos o comprador não vai querer assumir o IPVA de 3,5%. Essa lei é presente de grego. | Denuncie |

Autor: John Moruba
Vou continuar comprando carro zero em Goiânia. Lá eu só pago 9 IPVAs até ficar isento. Ah sim: o menor preço em Ford Fusion do Brasil está em GO. Só não comprem do Grupo Smaff! O pior pós-venda do mundo. Oficina que não arruma nem mobilete.Vc pede pra lanternar uma porta e eles lanternam a outra boa. | Denuncie |

Autor: Antonio Silva
É incentivo demais que o governo dá pra esse setor, que é o que mais explora o consumidor brasileiro. E o governo também tenta dificultar ao máximo a importação de carros e até de peças pros importados. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.


  • Últimas notícias
  • Mais acessadas